Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 14 de outubro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/10/2019
Villa Europa
Secom Segurança
CENTERPLEX 11/10 A 18/10

Polícia faz buscas a procura de armas em casa de autônomo suspeito de agressão

Suspeito já foi preso por agredir ex-companheira e há investigação em aberto sobre ameaça à vítima

Por Marcus Pontes - de Poá26 JUN 2019 - 10h15
Operação foi realizada por policiais civis de PoáFoto: Arquivo/DS

A juíza Brasilina de Paula Farah, da 2ª Vara Criminal de Poá, autorizou nessa terça-feira, 25, buscas na casa de um autônomo de Mogi das Cruzes suspeito de ameaçar a ex-companheira com uma arma. Essa não é a primeira vez na qual a vítima é ameaçada, inclusive o agressor chegou a ser preso em março deste ano após dar uma 'rasteira' na mulher, que bateu a cabeça no chão. 

Investigadores foram ao condomínio no qual o suspeito mora, em uma região nobre mogiana, e apenas localizaram a caixa de uma pistola de airsoft - jogo desportivo de tiro - e mais de mil 'munições' (bolinhas brancas). Os policiais procuraram por algo ilícito, mas nada foi localizado.

As buscas ao imóvel foram acompanhadas pelo suspeito. Aos policiais, ele revelou que a única arma existente teria sido apreendida numa ocasião anterior. Tal informação se refere a uma apreensão ocorrida dia 16 de agosto de 2018. O DS teve acesso ao Boletim de Ocorrência (B.O.), o qual diz que um taxista suspeitou do passageiro e pediu ajuda para policiais civis. À época, o autônomo disse que tudo teria sido "mal entendido do taxista".

As acusações mais graves vieram este ano. Em março, o suspeito foi preso em flagrante após dar uma 'rasteira' na ex-companheira. No dia, a vítima bateu a cabeça no chão e foi socorrida justamente pelo então marido. Já no dia 11 de maio, a vítima registrou nova acusação de ameaça e violência doméstica, sendo esta o motivo do mandado de busca e apreensão. 

Fontes ligadas ao caso confirmaram que o suspeito continua solto. E que a investigação segue em aberto. 

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias