Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 23 de fevereiro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/02/2020
MAGIC CITY
PMMC SARAMPO
CENTRO MÉDICO

Polícia Civil de Poá identifica responsáveis por matar jovem durante assalto

Grupo é de uma comunidade localizada na região do Itaim Paulista, Zona Leste de São Paulo

Por Marcus Pontes - de Poá21 JAN 2020 - 15h20
Vinicius Cieri Lima, de 19 anos, foi baleado e morto durante uma tentativa de assaltoFoto: Divulgação/Redes sociais

Os três indivíduos que participaram da tentativa de assalto em que terminou com a morte de Vinicius Cieri Lima, de 19 anos, no domingo, 19, em Poá, foram identificados pela Polícia Civil da cidade. Fontes ligadas ao caso divulgaram ao DS, nesta terça-feira, 21, que os bandidos são de uma comunidade localizada na região do Itaim Paulista, Zona Leste de São Paulo. 

Investigadores do distrito central de Poá realizaram buscas em endereços ligados aos três suspeitos. Os alvos, porém, não foram encontrados e são considerados foragidos. A reportagem apurou que, agora, as informações serão enviadas ao Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) de Mogi das Cruzes. A investigação vai prosseguir pela delegacia especializada. 

Segundo o delegado Eliardo Jordão, dois dos suspeitos têm passagens na Justiça. "Tanto nós (delegacia central) quanto o SHPP procura por esses indivíduos. Infelizmente, a vida de um jovem se foi, mas a resposta que daremos é com a prisão deles", afirmou.

Repercussão

A morte de Lima repercutiu e causou grande comoção. O prefeito de Poá, Gian Lopes (PL), afirmou, por meio de nota, que a administração vai buscar, de acordo com ele, "constantemente o reforço no policiamento e operações conjuntas de combate à criminalidade no município". 

Entenda o caso

Vinicius Cieri Lima, de 19 anos, foi baleado durante uma tentativa de assalto na Rua Tomé de Souza, na Vila Áurea, em Poá. Ele foi socorrido ainda com vida ao Hospital Guido Guida, mas morreu devido aos ferimentos. Esse é o primeiro latrocínio - roubo seguido de morte - do ano no Alto Tietê. 

O corpo do jovem foi enterrado na segunda-feira, 20, sob forte comoção, no Cemitério da cidade.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias