Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 15 de outubro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/10/2019
COLEGIO CETES 15/10 A 15/01/20
Secom Segurança
Villa Europa
Polícia

Suspeito é preso após agredir e arrastar rosto de ex-companheira no asfalto

Vítima também foi agredida com tapas, rasteira, chutes e até mesmo puxões de cabelo

Por de Suzano23 SET 2019 - 12h08
Caso foi registrado na Delegacia Central de SuzanoFoto: Arquivo/DS
Uma doméstica foi agredida, pelo ex-companheiro, com tapas, rasteira, chutes e puxões de cabelo no Jardim Revista. O suspeito foi preso. Já a vítima foi recebeu atendimentos médicos e passa bem. O caso foi registrado neste domingo (22).
 
Por volta das 11 horas, policiais militares foram chamados para atenderem ocorrência de violência doméstica na Rua Planalto. No local, a equipe fez contato com a vítima, uma domestica, de 30 anos. Ela informou que o ex-companheiro, separados há cerca de duas semanas, foi visitar o filho do casal, de 6 meses, e em certo momento ele decidiu levar a criança dizendo que só deixaria o imóvel com o filho. A vítima recusou e o suspeito passou a agredi-la com tapas no rosto.
 
Em seguida ela saiu da residência e foi até uma padaria comprar pães para os outros dois filhos. O agressor a acompanhou e os dois continuaram a discutir a guarda do filho a caminho do estabelecimento comercial. Ao entrar na padaria o ex-companheiro permaneceu na área externa, porém, ao sair, à vítima passou a ser agredida com uma rasteira e enquanto estava caída na via o agressor passou a desferir vários chutes na região do tórax, braço e ombro do lado direito. Depois disso, o suspeito decidiu puxá-la pelo cabelo e o rosto da doméstica foi arrastado pelo asfalto. 
 
Populares separaram a briga e o agressor fugiu. Após buscas, a polícia encontrou o suspeito em um bar. Questionado sobre os fatos, ele resolveu permanecer em silêncio.
 
A vitima foi socorrida ao Pronto-Socorro (PS) da Santa Casa de Suzano, onde foi medicada e liberada. 
 
A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Suzano.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias