Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 27 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo

Suspeito é preso por estupro de recepcionista

30 SET 2015 - 08h01

Um homem, de 29 anos, suspeito de estuprar uma jovem de 18 anos na Rua Campos Salles, em Suzano, e ainda manter o namorado dela dentro do porta-malas, foi preso pela Polícia Civil.

O mandado de prisão preventiva foi expedido na segunda-feira. Ele foi encontrado em sua residência no bairro Jardim Dora. Segundo a polícia, o homem confessou o crime, mas atribuiu o ato ao fato de estar sob o efeito de drogas.

Identificado como F.P.S., o homem foi indiciado e responderá pelos crimes de estupro e roubo, já que também levou os celulares das vítimas e mais uma quantia em dinheiro. Ele permanecerá no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Suzano aguardando a Justiça.

O delegado do Distrito Policial (DP) Central de Suzano, Edson Gianuzzi, relatou que a investigação foi baseada nos documentos que foram encontrados dentro do veículo onde ocorreu o crime. "Foi comprovado que os documentos pertenciam ao autor do delito. Então começamos uma investigação no sentido de verificar o endereço dele. Além disso, pela fotografia que tínhamos no nosso sistema, submetemos as vítimas ao reconhecimento fotográfico e elas o reconheceram", disse o delegado. Além disso, após a captura do suspeito, as vítimas foram até a delegacia e identificou o criminoso pessoalmente.

O investigador Antonio Donizete Nunes relatou que o suspeito já tem passagem na polícia por roubo e se encontrava na condicional. Nunes disse ainda que, em depoimento, o suspeito afirmou que foi a primeira vez que estuprou alguém. Porém, a polícia ainda verificará o envolvimento do indiciado em outros crimes sexuais.

"Uma pessoa que praticou um fato como esse não é impossível que tenha praticado outro semelhante. Tudo isso vai ser analisado. Fazer um ‘pente fino’ nos casos para ver se existem outros com as mesmas características. Verificaremos modus operandi, características dos autores, dentre outros aspectos descritos nas ocorrência. Se acharmos algo, pedimos para as vítimas virem até a delegacia e ver se existe um reconhecimento positivo", concluiu Gianuzzi.

RELEMBRE O CASO

Uma recepcionista, de 18 anos, foi estuprada em Suzano, após ser vítima de roubo na Rua Campos Salles, região central de Suzano. A jovem estava em companhia do namorado, dentro de um carro, quando o homem chegou e os ameaçou.

O estuprador obrigou o namorado da vítima a ficar dentro do porta-malas. Além do abuso, o bandido levou os celulares do casal e mais R$ 20. O fato ocorreu no dia 13 de setembro.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias