Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 05 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/08/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Vigilante de Ferraz foi assassinado por possível represália por conta do trabalho, diz polícia

Crime aconteceu em março do ano passado no Jardim Temporim

Por Marcus Pontes - de Ferraz31 JUL 2020 - 09h45
Arma, que pertencia a policial, foi encontrada na casa de um dos suspeitos; pai do adolescente foi preso em flagranteFoto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil segue procurando por dois adolescentes suspeitos de terem assassinado o vigilante Fernando França, em março do ano passado, no Jardim Temporim, em Ferraz de Vasconcelos. Segundo o delegado Rubens José Ângelo, do Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), o pai de um dos menores foi preso sob a acusação de porte ilegal de arma de fogo e munições. Os adolescentes seguem foragidos.

A Justiça de Ferraz concedeu mandados de busca e apreensão domiciliar. Segundo a investigação, na casa de um dos alvos da operação, foi localizado uma pistola calibre .40, além de mais 69 munições de diferentes calibres, inclusive até de fuzil calibre .50 - arma capaz de perfurar blindagens. 

Também foram apreendidos coldres de armas, enforca-gatos e porta carregadores. 

“Na casa de um dos adolescentes, localizamos farta quantidade de munições e uma pistola. Descobrimos que essa arma havia sido roubada, em 2018, de um policial militar em Suzano”, explicou o delegado.

Ângelo, porém, frisa que novas buscas serão realizadas, com o intuito de localizar os adolescentes suspeitos de matar o vigilante. “Será representada pelas buscas e apreensões visando futura medida socioeducativa de internação de ambos”.

Para a polícia, o crime teve a participação de outras pessoas. O delegado pontua que a investigação seguirá para confirmar ou não o envolvimento de outros criminosos.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias