Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 31 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 31/10/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo Outubro
Pms Coronavírus - Fase Verde
PMMC COVID VERDE

11.387 pessoas cancelam planos de saúde no Alto Tietê, aponta ANS

15 NOV 2015 - 07h00

As operadoras de planos de saúde do Alto Tietê perderam 11.387 clientes em setembro deste ano na comparação com o mesmo mês de 2014. De acordo com balanço divulgado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), houve queda de 2,6% na aquisição de novos convênios médicos. Para se ter uma ideia, em setembro do ano passado, 436.117 clientes da região estavam cadastrados nas operadoras ativas. No mesmo mês de 2015, foram registradas 424.730 pessoas.

O número de usuários de plano de saúde cadastrados pela ANS representa 26,95% da população total do Alto Tietê. Segundo a estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 2015, a região possui 1.576.262 habitantes. Destes, 424.730 possuem convênio médico.

Das dez cidades do Alto Tietê, Mogi das Cruzes e Suzano foram os municípios que mais perderam clientes e estão com 147.975 e 81.896 cadastrados, respectivamente (confira mais informações na tabela). Guararema, por sua vez, manteve o mesmo número de conveniados, 5.758. Santa Isabel perdeu o menor número de cadastrados, 402. Salesópolis, Ferraz de Vasconcelos e Itaquaquecetuba foram os municípios que ganharam novos convênios médicos.

As informações da ANS são atualizadas a cada três meses e possibilitam a correção de competências anteriores. Os usuários de plano de saúde podem acessar informações por meio do www.ans.gov.br. No site estão disponíveis dados sobre convênios, reclamações, portabilidade, entre outros assuntos.

ENCERRADO

Vale destacar, que em setembro deste ano, a Unimed Paulistana teve, após determinação da ANS, alienação compulsória da carteira de clientes. O objetivo da ação era garantir assistência aos consumidores. Contudo, conforme já divulgado, muitos clientes do Alto Tietê tiveram dificuldades em fazer a portabilidade para outra operadora e alguns ainda sofrem com a situação.

No final de outubro, a agência prorrogou por mais 15 dias o prazo para os clientes de planos individuais/familiares e coletivos empresariais com até 30 vidas da Unimed Paulistana fazerem o exercício da portabilidade extraordinária de carência para planos escolhidos no sistema Unimed. A medida foi tomada para possibilitar que todos os consumidores nessas condições possam fazer uso do benefício.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias