Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 01 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/11/2020
GrupoIndy
ESTELAR IMÓVEIS
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro

89,5% dos cadastrados no Bolsa Família cumprem frequência escolar

26 NOV 2015 - 07h00

 Dentre os 91,2 mil estudantes de famílias beneficiárias do Bolsa Família no Alto Tietê, 89,5% (81,6 mil) cumpriram a frequência escolar mínima exigida pelo Governo Federal para continuarem a receber o benefício. As crianças e adolescentes foram acompanhados nos meses de agosto e setembro deste ano. Os dados foram divulgados ontem pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

Na região, o maior número de alunos acompanhados fica em Mogi das Cruzes: 23,8 mil. Em seguida aparece Suzano, com 17 mil. Já o menor número de jovens inseridos no programa e que são acompanhados fica em Salesópolis, onde pouco mais de mil alunos têm o comparecimento monitorado.

"Essa frequência escolar elevada e contínua que temos observado nos resultados tem repercutido positivamente nos indicadores educacionais dessas crianças", avaliou o diretor de Condicionalidades do MDS, Eduardo Pereira. "Acompanhar esse universo de crianças num tamanho do país como o Brasil é um trabalho numa escala importante. Há uma estabilidade nesse número de acompanhamento. O que sinaliza que o sistema de acompanhamento está bem montado da forma que está funcionando".

Segundo a União, o objetivo das condicionalidades, tanto de educação quanto de saúde, é estimular os beneficiários do Bolsa Família a acessar os serviços públicos. "Existe o compromisso do beneficiário, de acessar e utilizar os sistemas de educação e de saúde, por parte do poder público, de ofertar esses serviços para os beneficiários", explicou Pereira. O diretor também apontou que os resultados educacionais positivos gerados pelo cumprimento da frequência escolar auxiliam a criança e a família, posteriormente, a superar a situação de pobreza.

PAÍS

Conforme divulgado pelo ministério, mais de 14,7 milhões de estudantes das famílias beneficiárias do Bolsa Família em todo o Brasil tiveram a frequência escolar acompanhada nos meses de agosto e setembro deste ano.

Entre estas crianças e adolescentes, 95,3% cumpriram a exigência do programa: 85% de presença em sala de aula para alunos entre seis e 15 anos e 75%, no mínimo, para os de 16 e 17 anos.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias