Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 23 de setembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/09/2018
MRV AGOSTO - SÁLVIA
PMMC - SETEMBRO FOOD TRUCK SOLIDÁRIO
PMMC SETEMBRO - ENTRE

Nove cidades do Alto Tietê assinam adesão ao programa Internet para Todos

Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz, Guararema, Mogi, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano serão atendidas

Por Da Região12 MAR 2018 - 22h00
Em Brasília, prefeitos do Alto Tietê assinam adesão ao Internet para TodosFoto: Condemat/Divulgação
Os prefeitos do Alto Tietê que integram o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) assinaram nesta segunda-feira, em Brasília, a adesão ao programa federal Internet para Todos, que vai ampliar a rede de conectividade da região, com a cobertura de sinal em regiões onde a tecnologia não chega hoje. 
 
A iniciativa é resultado de uma ação articulada pelo Condemat e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Nesta primeira fase serão atendidas as cidades de Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano. Os municípios começarão a receber as antenas em maio e a expectativa é que a operação se dê no segundo semestre.
 
O termo de adesão assinado pelos prefeitos em solenidade com o presidente da República Michel Temer, e o ministro da Ciência Gilberto Kassab, define a infraestrutura básica e as condições para a participação dos municípios no programa. As prefeituras devem indicar onde serão instaladas as antenas para distribuição do sinal de internet, além de garantir a segurança da área e arcar com as despesas de energia elétrica.
 
"As cidades já receberam do Ministério o mapeamento das áreas de sombra possíveis de receber o programa e com a adesão hoje o processo deverá andar de forma rápida, com a definição das localidades a serem beneficiadas e a instalação das antenas. A maioria dos municípios do Condemat está contemplada nesta primeira fase do Internet para Todos e isso significará um grande avanço para a população do Alto Tietê na inclusão digital", ressalta o presidente do Condemat, Rodrigo Ashiuchi (PR), prefeito de Suzano. 
"Além da conexão a preços reduzidos, em alguns casos o programa contemplará internet e também telefone. Mais do que isso, vai prover com banda larga equipamentos públicos como escolas, postos de saúde e hospitais", acrescenta, ao informar que a divulgação oficial prevê o atendimento de 7 mil escolas neste ano e 20 mil em 2019.
 
O programa Internet para Todos tem cerca de 2.500 cidades habilitadas no Brasil todo. Em novembro do ano passado, o ministro Kassab se reuniu com os prefeitos do consórcio e destacou a necessidade de articulação regional para ampliar as chances de receber os investimentos, que devem beneficiar 40 mil localidades. Os prefeitos de mobilizaram para enviar os ofícios e avaliar as áreas indicadas pelo Ministério para participação já na primeira fase do programa.
 
Além de Ashiuchi, também assinaram a adesão ao Internet para Todos os prefeitos José Luiz Monteiro (Arujá), Jarbas Ezequiel de Aguiar (Biritiba Mirim), José Carlos Fernandes Chacon (Ferraz de Vasconcelos), Adriano Leite (Guararema), Marcus Melo (Mogi das Cruzes), Gian Lopes (Poá), Vanderlon Oliveira (Salesópolis) e Fábia Porto (Santa Isabel). 
 
“A inclusão digital expande as possibilidades de comunicação. Desejamos implantar serviços públicos com mais qualidade e transparência, e isso passa pela oferta mais ampla de acesso à internet”, disse Marcus Melo. 
 
A conexão de internet será feita por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), de propriedade do governo brasileiro e que recebeu R$ 3 bilhões em investimentos. Em órbita desde maio de 2017, o satélite tem vida útil de 18 anos. 
 
O ex-prefeito de Mogi, Marco Bertaiolli, acompanhou a assinatura. "Fizemos um elo entre as administrações municipais e o Governo Federal. Esta integração foi fundamental para que os municípios pudessem ser beneficiados com o Programa", concluiu Bertaiolli.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias