Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 23 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/10/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC MULTI 2020
SOUZA ARAUJO
ÚNICCO POÁ
Pmmc Sarampo Outubro

Ação entre secretarias e GCM de Ferraz fecha 3 aterros clandestinos

27 JAN 2016 - 07h01

 Uma operação envolvendo a Guarda Civil Municipal (GCM), as secretarias de Verde e Meio Ambiente e da Administração resultou na interdição de três aterros clandestinos em Ferraz de Vasconcelos por crime ambiental.

As ações foram realizadas em três pontos diferentes nas estradas do Paiol Velho, Sete Cruzes e também no bairro do Cambiri, no período de dezembro do ano passado até agora.

As áreas já são alvo de monitoramento constante da Guarda Civil Municipal (GCM) por se enquadrarem em Área de Preservação Permanente (APP) e receberem o tradicional ‘bota-fora’ com resíduos da construção civil e também todo tipo de lixo, caracterizando crime ambiental.

Para impedir os novos descartes foram instaladas pela Prefeitura de Ferraz barreiras de concretos nos acessos para evitar que os caminhões possam levar entulho. É permitido apenas o tráfego de veículos pequenos.

“Nestes três pontos, os proprietários da área já foram notificados e os aterros clandestinos foram embargados pela municipalidade, mas as pessoas insistem e continuam jogando resíduos lá, mas o nosso monitoramento é diário nestes pontos”, informou o comandante da GCM, Cleverson Souza Ramos, reforçando que as operações são contínuas.

Uma das ações que resultou em flagrante foi em dezembro do ano passado, num imóvel da rua Dezesseis com a rua Bahia, no bairro do Cambiri, que estava recebendo descarte de resíduos sólidos da construção civil sem autorização da administração municipal. A GCM emitiu auto de infração e imposição de multa, além da apreensão do veículo e o encaminhamento do caso à Delegacia de Polícia.

No local, um caminhão basculante Scania de cor branca fazia o descarte de resíduos sólidos em local de APP. Neste endereço já havia sido feito um embargo pela mesma prática de crime ambiental de descarte irregular de lixos e resíduos sólidos e pela contaminação do solo e do lençol freático.

No flagrante feito pela GCM no local foi identificado um caminhão pronto para o descarte de lixo e resíduos. O motorista do veículo foi autuado e encaminhado à autoridade policial. A multa gravíssima aplicada neste caso foi de 1,5 mil Unidades Fiscais do Município (UFMs), o equivalente a R$ 131.250.

O secretário do Verde e Meio Ambiente, Valmir Santos, disse que algumas das ações no município foram realizadas após denúncias feitas pela população: “Num dos casos estavam aterrando até o rio Guaió, um crime ambiental gravíssimo”, afirmou ele, reforçando que as operações conjuntas deverão continuar em toda a cidade.

Denúncias da população podem ser recebidas nos números 153 ou 4679-4334 da Guarda Civil Municipal e também nos telefones: 4674-7811 ou 4674-7867 da Secretaria do Verde e Meio Ambiente.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias