Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 16 de dezembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 15/12/2018
MRV DEZEMBRO - 13º EM DOBRO

Adoção de cartinhas de Natal nos Correios está disponível até dia 14

De acordo com os correios, 2,6 milhões de cartas foram destinadas ao Papai Noel nos últimos três anos

Por Marília Campos - Da Região07 DEZ 2018 - 13h25
Cartas de Papai Noel é um projeto desenvolvido pelos Correios e também está na regiãoFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Encerra-se no próximo dia 14 o prazo para adoção de cartinhas encaminhada ao Papai Noel nas agências dos Correios. Na região, a maioria das cidades conta com estabelecimentos aptos a retirada dos pedidos. Na capital paulista, ainda há possibilidade de adoção pela Internet. As agências de Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano participam da campanha Papai Noel dos Correios. 
 
Sob o lema 'É você quem tira esses sonhos do papel- Adote uma cartinha e realize o sonho de uma criança', a iniciativa incentiva a adoção de cartinhas endereçadas ao Papai Noel. Crianças da rede pública de ensino e instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos também participam, a fim de trabalhar habilidades como a redação de carta, o endereçamento correto e o uso do Código de Endereçamento Postal (CEP).
 
Para adotar, basta procurar pela campanha na agência. Os endereços de todos os estabelecimentos participantes estão disponíveis no blog dos Correios. Os presentes devem ser enviados até dia 17 de dezembro. A Casa do Papai Noel dos Correios também já foi inaugurada, na Agência de Correios Cidade São Paulo, no bairro paulistano Vila Leopoldina. 
 
No local também fica a Fábrica de Brinquedos, onde os presentes são separados e encaminhados aos centros de distribuição, para que os carteiros entreguem nas casas das crianças.
 
De acordo com os correios, 2,6 milhões de cartas foram destinadas ao Papai Noel nos últimos três anos. Há quase três décadas de campanha, as cartas enviadas são lidas e selecionadas para posteriormente serem disponibilizadas nos locais indicados. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é divulgado ou informado ao padrinho.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias