Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 16 de dezembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 15/12/2018
MRV DEZEMBRO - 13º EM DOBRO

Agência de Desenvolvimento vai restaurar 11 nascentes no Alto Tietê

Além de investir na preservação das águas fluviais da região, entidade busca apoios para o chamado Circuito das Nascentes

Por da Região06 DEZ 2018 - 15h33
Afirmação foi feita na noite desta terça-feira (4) durante um encontro que contou com cerca de 200 convidados, entre empresários, empreendedores e autoridades de Itaquaquecetuba e regiãoFoto: Marcos Araújo / Cape Press Comunicação
A Agência de Desenvolvimento do Alto Tietê (Adrat) vai trabalhar com força total no ano de 2019. Essa é a previsão do presidente da instituição, Lucas Costa, o Lucas do Liceu. Uma das prioridades é o Circuito das Nascentes, que é formado pelos municípios de Arujá, Biritiba Mirim, Poá, Salesópolis, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Santa Isabel, Ribeirão Pires e Suzano. Para eles, a Adrat anunciou que pretende revitalizar 11 nascentes. A afirmação foi feita na noite desta terça-feira (4) durante um encontro que contou com cerca de 200 convidados, entre empresários, empreendedores e autoridades de Itaquaquecetuba e região.
 
Lucas do Liceu revelou que a entidade aguarda a liberação de uma emenda de R$ 200 mil do Ministério do Meio Ambiente, intermediada pelo deputado federal Roberto de Lucena (PV), e que esse montante será o ponto de partida para o projeto, que inclui ainda estímulos para o circuito.
 
Além do trabalho com o Circuito das Nascentes, o presidente de Adrat destacou que é importante a formação de laços entre empresários, comerciantes e setores produtivos da reunião, por isso ele promoveu na data o "2º Café de Confraternização dos Empresários".
 
"Foi um encontro para fortalecer laços entre os empresários de Itaquaquecetuba e região, uma oportunidade de nos confraternizarmos e discutir investimentos, soluções para problemas, além de fazer aquela network", explica.
 
Para 2019, ele pretende trabalhar para as ações da Adrat sejam amplamente debatidas com prefeituras e o setor produtivo. "Queremos ir além do que é feito e abrir novas fronteiras. Por isso, vamos orientar os pequenos empreendedores no entorno das nascentes a preservarem o local e terem rendimentos. Também queremos ajudar no desenvolvimento das cidades por meio do serviço de inteligência, onde orientamos as prefeituras e órgãos públicos a diminuírem a burocracia e aumentar a tecnologia na gestão pública", explica.
Aprovado
 
O encontro foi aprovado pelos mais de 200 visitantes que lotaram o auditório do Colégio Itaquá, na Vila Zeferina.
 
"É um evento positivo, porque ele aproxima aqueles que geram emprego e renda na cidade e com isso cria novos laços para todos", destaca Luciano Dávilla, presidente da Associação Comercial e Industrial de Itaquaquecetuba (Acidi).
 
A gerente de uma das principais instituições financeiras da região, a rede Sicred, também aprovou o evento e a oportunidade dada aos pequenos, médios e grandes empreendedores da cidade de não apenas conhecer o trabalho da Adrat, mas, também, utilizarem o espaço para gerarem novas oportunidades de negócios.
 
“Cooperação significa ajuda mútua e o que vi hoje aqui foi isso: uma oportunidade para que muitos cresçam juntos.  O Lucas está de parabéns pelo evento, pela forma como conduz a Adrat”, afirma Gilmara Monteiro.
 
Sobre a Adrat
 
Adrat é uma ONG fundada em 2007 com o objetivo de promover e disseminar práticas e projetos de cooperação para o desenvolvimento socioeconômico sustentável na região do Alto Tietê. A instituição atua nas seguintes áreas: Agronegócio, Ciência e Tecnologia, Comércio, Cultura, Desenvolvimento Social, Educação, Indústria, Meio Ambiente, Saúde, Serviços e Turismo.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias