Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 01 de abril de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 31/03/2020
SECRETARIA DE ESTADO DA SAUDE -  CORONAVIRUS
CENTRO ONCOLÓGICO

Alto Tietê arrecada R$ 199 milhões em impostos neste ano

Valor coletado é 6,05% maior que o mesmo período de 2019, segundo levantamento

Por Carolina Rocha - da Região20 FEV 2020 - 20h51
Tributos são federais, estaduais e municipais e foram consultados do dia 1 de janeiro a 19 de fevereiroFoto: Divulgação
Os municípios do Alto Tietê já arrecadam R$ 199.253.975,00 em imposto. Os dados foram levantados pelo DS no site do impostômetro, que é mantido pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) e ao Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). Estes revelam que houve um aumento de 6,05% na arrecadação de tributos em comparação com o mesmo período do ano passado, quando o valor coletado foi de R$ 187.885.687,00. Os tributos que compõem esse valor são federais, estaduais e municipais e foram consultados do dia 01 de janeiro a 19 de fevereiro, tanto em 2019 quanto em 2020.
 
A cidade que mais arrecadou nesse período foi Mogi das Cruzes com mais de R$ 66 milhões. Aumento de 6,64% em comparação com o mesmo período de 2019. Em seguida aparece Poá, com R$ 40 milhões. Suzano fica na terceira posição das cidades que mais arrecadaram, com R$ 34 milhões. Itaquaquecetuba é a quarta com R$ 25 milhões e Arujá fica em quinto lugar com R$ 14 milhões. 
 
Os municípios que menos coletaram tributos nesse período foram Salesópolis com R$ 666 mil e Biritiba-Mirim com R$ 1,2 milhão. Em terceiro fica Santa Isabel com R$ 4,2 milhões. Logo em seguida aparece Guararema com R$ 4,3 milhões e Ferraz de Vasconcelos com R$ 7,4 milhões.
 
Estado e país
 
Até o dia 18 de fevereiro, a população do país já havia pagado R$ 398 bilhões em imposto. Essa marca chegou aos R$ 402 bilhões no dia 20, no início da tarde. Segundo o site do impostômetro, com este valor seria possível comprar mais de 900 mil cestas básicas, ou receber 10 salários mínimos por mês durante mais de três milhões de anos.
 
Só em São Paulo, mais de R$ 143 bilhões já foram contabilizados pelo site. Isso corresponde a cerca de 37% da arrecadação de todo o país. Os maiores contribuintes do Estado são as empresas, seguidos pelos microempreendedores individuais (MEIs) e a população. 
 
Série histórica
 
O ano passado foi de maior arrecadação por meio do pagamento de impostos desde a criação do impostômetro. A marca alcançou mais de R$ 2,5 trilhões de reais em todo o país. No Alto Tietê, em 2019 foram arrecadados mais de R$ 1,2 bilhão.
É possível conferir os dados citados nesta matéria pelo site impostometro.com.br.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias