Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 01 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/10/2020
ÚNICCO POÁ
SOUZA ARAUJO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Alunos com necessidades especiais recebem atendimento especializado

06 OUT 2015 - 08h01

 Atendimento Educacional Especializado com as crianças que possuem algum tipo de deficiência, seja física, mental ou sensorial, é desenvolvido por meio do Núcleo de Apoio Pedagógico Especializado (Napes) de Poá, um projeto da Secretaria de Educação em parceria com o governo Federal que disponibiliza atualmente o atendimento a 328 crianças que são matriculadas em escola regular, desde crianças de creches com a idade a partir de um ano de idade, até o sexto ano, além dos adultos do EJA - Educação de Jovens e Adultos.

Pelo Napes os alunos recebem o atendimento específico por meio de 32 professoras formadas em especialização e de material adequado para o atendimento diferenciado como: impressora em braile, computadores com teclado adaptado, livros didáticos e de leitura adaptada, entre outros.

Segundo Quésia de Lemos Castro, Chefe de Educação Especial, assim que a criança é matriculada em uma escola regular, se não possui diagnóstico que é informado pelos pais ou responsáveis no ato da matrícula, a criança passa por um processo investigativo após ser observada pela professora em sala de aula.

De posse dessas informações, a professora em sala de aula já acompanha a criança dando a ela a atenção necessária. No entanto, através do projeto, a criança passa a ser atendida por meio do Atendimento Educacional Especializado (AEE) que é oferecido aos alunos que começam a ser atendidas três vezes por semana nos 12 polos que foram distribuídos nas escolas do município. Este atendimento é realizado no período inverso ao da classe comum frequentada pelo aluno, sendo três horas por semana e uma hora por dia.

“Os professores organizam os recursos pedagógicos e de acessibilidade que eliminem as barreiras para a plena participação dos alunos considerando as suas necessidades específicas, ou seja, o AEE complementa a formação do aluno objetivando a autonomia e independência na escola e fora dela".

aee

Pelo AEE, as crianças que são atendidas em grupo de cinco passam por diversas atividades que visam à estimulação por meio de objetos e brincadeiras que tem como função exercitar fisicamente e mentalmente as crianças.

Após as atividades que são realizadas semanalmente, as professoras que atendem no AEE uma vez por semana fazem visitas às escolas dos alunos para passar as professoras de classe o que foi observado durante as atividades, como a evolução da criança, processo este chamado de itinerância.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias