Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 11 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2019
CENTRO ONCOLÓGICO

Apaes do Alto Tietê atendem mais de 1,5 mil pessoas

Associações desenvolvem atividades para pessoas especiais

Por Fernando Barreto - da Região24 NOV 2019 - 14h43
Apae de Suzano disse que as atividades oferecidas variam entre três categoriasFoto: Sabrina Silva/DS
As quatro principais Apaes (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) da região atendem 1.676 pessoas, entre crianças, adultos e idosos. Os dados são de Mogi (670 alunos), Itaquaquecetuba (580 alunos), Suzano (270 alunos) e Poá (156 alunos). A Apae de Ferraz não respondeu à reportagem.
 
A Apae de Mogi das Cruzes é a que mais atende pessoas. Conforme informou ela oferece atividades nos setores de assistência social, com apoio e orientações às famílias. Na área da saúde, disponibiliza acompanhamento médico para os deficientes, assim como trabalhos para a estimulação precoce, para crianças de zero a três anos. Na área de educação, a Apae oferece aulas para a educação infantil e ensino fundamento I (1º ao 5º ano).
 
A associação de Mogi informa aos pais, que para matricular o filho na Apae, podem comparecer à Secretaria de Educação do município ou ir até a secretaria da Apae e preencher a ficha de matrícula, "e quando houver vaga disponível, o aluno será chamado".
 
A Apae de Itaquaquecetuba aparece em segundo lugar entre as unidade com mais alunos assistidos. São 580 alunos matriculados na associação, divididos entre crianças, adolescentes e adultos. Os serviços oferecidos pela Apae de Itaquá envolvem atividades de Pedagogia, Psicologia e oficinas "sócio-ocupacionais" de artesanato, costura, esporte e informática. Suzano aparece na terceira posição, com 270 alunos matriculados. Os alunos são pessoas em situações de vulnerabilidade social, fragilização de vínculos familiares e comunitários e pela ausência de acesso aos serviços necessários na rede pública.
 
A associação de Suzano disse que as atividades oferecidas variam entre três categorias. As atividades educativas, que envolvem pintura, costura, socialização, linguagem e culinária. Outra categoria é a da saúde, com atividades de fisioterapia, equoterapia, fonoaudiologia e psicologia. E por fim, realiza atividades na área social, conversando com os familiares dos excepcionais, para saber as necessidades de cada.
 
A Apae de Poá atende 156 pessoas, sendo 71 pessoas que concluíram o período escolar, mas buscam a associação para participar de atividades recreativas, como artesanato e teatro. Outros 70 alunos são excepcionais que ainda estudam, os quais participam de atividades escolares adaptadas para o atendidos pela Apae (deficientes intelectuais). 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias