Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 12 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/12/2019
CENTRO ONCOLÓGICO

Campanha contra o sarampo vai imunizar jovens de 20 a 29 anos em Poá

De 18 a 30 de novembro, jovens poderão receber a dose da tríplice ou da dupla viral, conforme a indicação do profissional de saúde

Por de Poá13 NOV 2019 - 18h27
No dia 30 de novembro acontecerá o “Dia D” da campanhaFoto: Flávio Aquino/Departamento de Comunicação de Poá

Tem início na próxima segunda-feira (18) e segue até 30 de novembro, nas unidades de saúde de Poá, a segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo, desta vez com o objetivo de alcançar jovens de 20 a 29 anos. O trabalho será realizado entre Ministério da Saúde, Secretaria de Estado da Saúde e o município 

No dia 30 de novembro acontecerá o “Dia D” da campanha. “Neste dia as Unidades de Saúde do Jardim América, Calmon, Nova Poá, Kemel, Vila Varela e São José, estarão de portas abertas, das 8h às 17 horas, para o atendimento e imunização dos nossos jovens. Também contaremos com postos volantes na Igreja Matriz, Capela Santo Antônio, Feira de Calmon Viana e Praça Armando Rossi. Destaco, ainda, que no período de 18 a 30 de novembro todas as unidades de saúde estarão preparadas para a vacinação”, explicou a secretária de Saúde, Flávia de Souza Verdugo Marques.

Esse grupo poderá receber a dose da tríplice (sarampo, rubéola e caxumba) ou da dupla viral (sarampo e rubéola). O público-alvo da campanha deve ir aos postos de saúde, preferencialmente com a carteirinha de vacinação, para que um profissional verifique a necessidade de aplicação da dose. 

Importante ressaltar que Poá continuará realizando ações de bloqueio diante da notificação de casos da doença. “As pessoas devem ficar atentas aos seguintes sintomas do sarampo: febre acompanhada de tosse persistente, irritação nos olhos, manchas vermelhas por todo o corpo e mal estar geral. Se apresentar os sintomas, procure a unidade de saúde mais próxima”, acrescentou a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Fabiani Ferri.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias