Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 30 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/09/2020
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo

Casos de dengue têm queda de 76,4% na região comparados a 2015

11 MAI 2016 - 08h00

 Os casos confirmados de dengue diminuíram 76,4% na região do Alto Tietê nos primeiros quatro meses deste ano em comparação ao mesmo período de 2015. Ao todo, foram 1.441 no último ano. Já neste ano, o número é de 340 casos confirmados.

Os dados são de Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Ferraz de Vasconcelos e Suzano. Ao contrário dessas cidades, Ferraz foi a única que apresentou aumento no número de casos. O DS também procurou Poá, mas até o fechamento da reportagem nenhuma resposta foi obtida.

CASOS

Na cidade suzanense, foram registrados 174 casos confirmados em 2015. Já em 2016 o número caiu quase 50%, sendo contabilizados 92 positivos. De acordo com a Prefeitura Municipal, a queda no número de casos provavelmente aconteceu por conta da maior conscientização da população e as ações do Poder Público, a diminuição de criadouros, barrando a proliferação do mosquito e, consequentemente, a transmissão da doença.

Itaquá neste ano computou 88 casos confirmados da doença, em que 86 foram autóctones e outros dois, importados. Já no último ano, entre janeiro e abril, o número multiplicou mais de oito vezes, sendo 717 casos positivos. Na ocasião, foram 713 adquirido dentro do município e 14 fora.

Mogi registrou 516 casos confirmados no primeiro quadrimestre do ano passado, sendo que neste ano houve uma queda brusca, com 105 casos confirmados até o momento. Isso significa diminuição de 79,65% no número de casos na cidade.

Em Ferraz, a Vigilância Epidemiológica informou que nos primeiros quatro meses de 2015 houve 34 casos confirmados, os quais todos foram autóctones.

Já neste ano o município contabilizou 55 confirmados, sendo que 46 são autóctones e nove, importados. Destes, 30 foram constatados em janeiro, 13 em fevereiro, 12 em março e nenhum registrado no quarto mês.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias