Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 29 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/09/2020
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo

Confirmações de dengue aumentam 78% na região em 40 dias. São 609 casos

29 MAI 2016 - 08h00

Os municípios do Alto Tietê registraram 609 casos de dengue até o momento. As ocorrências tiveram um aumento de 78% no período de 40 dias, desde o último levantamento realizado pelo DS, no dia 15 de abril, quando a região tinha 342 ocorrências.

O balanço foi atualizado pelas prefeituras de Suzano, Itaquaquecetuba, Ferraz de Vasconcelos, Guararema e Mogi das Cruzes. Do total, 256 ocorrências são de Suzano. A região também tem 1.443 casos suspeitos da doença.

De acordo com a administração suzanense, que é a que registra maior número de casos da região, nos quatro primeiros meses deste ano foram emitidas 760 notificações, sendo que 256 casos foram confirmados. Destes, 215 são autóctones.

Em Arujá há 16 casos confirmados e 146 suspeitos. Ferraz tem, até o momento, 53 casos notificados e 61 ocorrências confirmadas. O dado apresenta um crescimento de 15%, uma vez que mês passado eram 46 casos. Com suspeita de 120 casos de dengue, Guararema confirmou apenas três, mesma situação divulgada no mês passado

O município de Mogi das Cruzes possui 178 pessoas que contraíram a doença. O número de casos suspeitos não foi divulgado. Para tentar combater o problema, a Vigilância Epidemiológica da cidade já realizou visitas em 25,9 mil residências para identificar possíveis focos do mosquito Aedes aegypti. São 130 profissionais responsáveis pelo trabalho de combate, sendo 38 agentes de controle de vetores que atuam diretamente no Núcleo de Controle e Prevenção a Arboviroses, e 92 agentes comunitários de saúde, ligados às unidades do Programa Saúde da Família (PSF).

Em Itaquaquecetuba são 364 casos suspeitos registrados neste ano, sendo 95 confirmados. Destes, 93 casos são autóctones, ou seja, contraídos no município e apenas dois importados. O aumento, desde a primeira quinzena de abril, é de 70 casos, já que o município tinha 25 pessoas contaminadas.

De acordo com o Comitê Municipal de Combate à Dengue, pelo menos 100 mil imóveis receberam nos últimos meses a visita de agentes comunitários de saúde treinados para combater o mosquito. Do total, os servidores conseguiram vistoriar 84.357 casas.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias