Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 29 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/09/2020
Pmmc Sarampo
PMMC COVID SAÚDE
SOUZA ARAUJO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ

CPTM concede 9.125 passagens para desempregados nas linhas 11 e 12

26 JUN 2016 - 08h00

O número de isenções de tarifa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) atinge o patamar de 9.125 mil permissões a desempregados que usam as linhas 11-Coral e 12-Safira, que cortam o Alto Tietê. O benefício é dado às pessoas que perderam o emprego há um mês ou 180 dias, com a exigência de que tenham trabalhado pelo menos seis meses contínuos com registro em carteira. O período da taxa gratuita é de 90 dias sem renovação. Os dados foram divulgados pela companhia e são referentes aos cinco primeiros meses deste ano.

Usuários da Linha-11 Coral foram os que solicitaram mais credenciais de gratuidade de janeiro a maio: 5.457. O maior número foi registrado no primeiro mês do ano, quando 1.311 pessoas receberam gratuidade.

Se por um lado a maior taxa de credenciais foi computada pela Linha 11-Coral, a companhia informou que na Linha-12 Safira, os cinco primeiros meses de 2016 registraram exatas 3.668 credenciais. Apesar deste número, os pedidos ficaram em uma faixa aproximada de 710 solicitações mês.

Ao DS, os usuários das linhas que passam pela região avaliam que o benefício é indispensável para aqueles que buscam voltar ao mercado de trabalho. No entanto, eles relataram que a divulgação do benefício precisaria ser melhor, já que muitas pessoas desconhecem seus direitos.

Segundo o recauchutador Cleiton Luiz Dias do Nascimento, as pessoas desconhecem o benefício por falta de interesse em buscar os próprios direitos. "Já conhecia essa isenção, é Lei. Eu nunca a usei. O pessoal que perde o emprego recentemente acaba ficando desesperado ao procurar outro, e ter que usar o transporte público".

De acordo com a doméstica Rosana Aparecida Eliezer, a taxa de gratuidade não é tão usada pelos cidadãos da região, já que falta a divulgação mais ampla sobre o assunto. "Conhecia há tempos, porém nenhuma pessoa próxima a mim usa ou usou. Falta uma divulgação maior desta lei para ajudar o pessoal", ressaltou.

Já o eletricista Washington Vieira Ferreira contou que desconhecia o benefício. Ele pontua que o desinteresse e a falta de divulgação à população fazem com que a credencial não seja tão solicitada, uma vez que há uma grande quantidade de pessoas desempregadas no Alto Tietê. "Com as pessoas falando, vai ajudar a fomentar o assunto. Acredito que a pouca divulgação seja decorrente da perda de lucro do setor de transporte, como a CPTM", finalizou.

EXIGÊNCIAS

As pessoas que desejam solicitar o benefício deverão comparecer à Estação Palmeiras-Barra Funda. Os documentos necessários para retirar a credencial são: Registro Geral (RG) original; Cadastro Pessoal Física (CPF) original; Carteira de Trabalho com baixa do último emprego e Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho.

O horário de atendimento é em dias úteis e das 8 às 16 horas. Há um limite de senhas, já que a isenção é total da passagem de trens. A credencial é entregue no mesmo dia do pedido. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone: 0800-055-0121.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias