Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 14 de dezembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2018
PMMC DEZEMBRO - SALA DO EMPREENDEDOR
MRV DEZEMBRO - 13º EM DOBRO
Em Mogi

Crianças de 4 a 6 anos devem tomar segunda dose de vacina contra catapora

Vacina contra varicela (catapora) passa a ser aplicada em duas doses: aos 15 meses de idade e para crianças de 4 a 6 anos. O objetivo é aumentar a proteção e prevenir surtos da doença em creches e escolas

Por de Mogi13 MAR 2018 - 12h07
Desde o início do ano, também está disponível a aplicação da vacina contra a febre amarela para crianças de 9 meses de idade, dentro do calendário de rotinaFoto: Guilherme Berti/PMMC

O Ministério da Saúde fez duas importantes alterações no calendário de imunização para crianças e adolescentes. A primeira foi a inclusão da segunda dose da vacina contra varicela (catapora) para crianças com idade entre 4 e 6 anos e a segunda, a ampliação da faixa etária para aplicação da vacina contra meningite C para adolescentes de 11 a 14 anos.

A vacina contra varicela (catapora) passa a ser aplicada em duas doses: aos 15 meses de idade e para crianças de 4 a 6 anos. O objetivo é aumentar a proteção e prevenir surtos da doença em creches e escolas.

Outra mudança é na vacina meningocócica C conjugada para adolescentes entre 11 e 14 anos. Será aplicado um reforço ou a dose única, dependendo da situação da pessoa. Antes, a vacina era aplicada apenas em crianças de até 4 anos que perderam as duas primeiras doses (3 e 5 meses), além do reforço oferecido aos 12 meses.

Desde o início do ano, também está disponível a aplicação da vacina contra a febre amarela para crianças de 9 meses de idade, dentro do calendário de rotina. As vacinas são gratuitas e estão disponíveis em todas as unidades de saúde do município. “É importante que todas as crianças e adolescentes sejam levados a uma unidade de saúde o quanto antes para garantir a proteção”, afirma a chefe da Vigilância Epidemiológica Municipal, Lilian Peres Mendes.

Ela ressalta, ainda, a importância de reforçar a vacinação contra o HPV para adolescentes: meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. “O calendário de vacinação passou por adequação anual feita pelo Ministério da Saúde e é muito importante que todos mantenham a caderneta de vacinação sempre atualizada”, completou.

Quem tiver alguma dúvida deve procurar a sala de vacinação do posto de saúde mais próximo, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16h30, portando a caderneta de vacinação da criança ou adolescente para verificação e atualização. Informações: 4798-6768.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias