Envie seu vídeo(11) 4745-6900
sábado 27 de fevereiro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/02/2021
CENTRO MÉDICO
GrupoIndy
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Região

Educação de Itaquá se reúne com diretores para avaliar volta às aulas

Encontro contou com a presença do prefeito Eduardo Boigues

Por de Itaquá21 JAN 2021 - 10h26
Educação de Itaquá se reúne com diretores para avaliar volta às aulasFoto: Verônica Ribeiro/Divulgação

Na tarde desta quarta-feira (20), a Secretaria de Educação de Itaquaquecetuba realizou uma reunião com diretores de todas as escolas municipais e estaduais para discutir o rumo das aulas na cidade levando em conta toda a situação causada pela Covid-19.

O encontro foi coordenado pela Secretaria de Educação e contou com a presença do prefeito Eduardo Boigues, do secretário de Educação, Lucas Costa, da primeira-dama  Mila Prates Queroz, além da dirigente Regional de Ensino, Núbia Melo e diretores de escolas.

“Reunimos aqui, as escolas da rede pública para saber se elas estão preparadas ou não e qual o sentimento da rede sobre o retorno. Acho muito importante quando o prefeito consegue parar para ouvir os profissionais da área. Estamos nos reunindo com as escolas para tomar a melhor decisão sobre o retorno ou não. Ouvindo cada agente da Educação, se volta ou não, e como voltar”.

O prefeito ressaltou que herdou uma Educação com dificuldades, sem recursos e que essas discussões é para tomar a melhor decisão para o retorno às aulas, que garanta a segurança para alunos e profissionais da Educação. "O efeito retardado das festas de fim de ano começa a surgir agora. Tanto que estamos correndo para inaugurar o hospital infantil para termos mais 25 leitos: 20 de enfermaria e cinco de UTI. Mas não adianta termos espaço para atender. O importante é evitar a contaminação”, reforçou o prefeito.

A dirigente regional de ensino, Núbia Ferreira de Melo explicou que as escolas estaduais tiveram condições de se preparar em 2020. “As escolas estaduais tiveram tempo para se adequar. Compramos álcool em gel, totens e máscaras. Ainda podemos retornar às aulas no sistema rotativo”.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias