Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 14 de dezembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2018
PMMC DEZEMBRO - SALA DO EMPREENDEDOR
MRV DEZEMBRO - 13º EM DOBRO

Educação realiza prova que amplia em 10,5% o salário do professor na região

12 AGO 2015 - 08h01
A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo vai realizar nos dias 23 e 30 de agosto a aplicação da Prova de Valorização pelo Mérito. O exame é direcionado a diretores, supervisores e professores da rede estadual e garante aos aprovados reajuste salarial de 10,5%. A prova será realizada nos municípios-sede das 91 Diretorias de Ensino, incluindo as que fazem parte do Alto Tietê. O edital será publicado no Diário Oficial do Estado e também estará disponível no Portal da Educação (www.educacao.sp.gov.br).

A avaliação é composta por 60 questões de múltipla escolha, sobre formação específica por campo de atuação, e uma dissertativa voltada ao conteúdo pedagógico. No dia 23 de agosto, a partir das 8h, devem comparecer ao local de provas servidores PEB I e PEB II (categoria Educação). À tarde, às 14h, é a vez do suporte pedagógico (supervisor e diretor) e PEB II de Educação Especial.

No domingo seguinte, dia 30, o exame é dedicado ao professor de Educação Básica II, nas disciplinas de Língua Portuguesa, Inglês, Alemão, Espanhol, Francês, Italiano, Japonês, Arte, Educação Física, Matemática, Ciências Físicas e Biológicas, Biologia, Física, Química, História, Geografia, Filosofia, Sociologia e Psicologia. Os candidatos devem se apresentar até as 13h.

"A Prova de Valorização pelo Mérito é um dos pilares do programa Educação Compromisso de São Paulo, construído em parceria com educadores e a sociedade. No ano passado, 10,7 mil funcionários da capital e interior paulista garantiram o reajuste de 10,5%. Em quatro anos, foram mais de 110 mil servidores", explica o secretário da Educação, Herman Voorwald.

A promoção por mérito é aberta a candidatos que estão na faixa 1 e visam evoluir para faixa 2. Também é válida aos que já estão na segunda faixa e pretendem chegar à faixa 3. E, inclui ainda, os já enquadrados na faixa 3 e querem alcançar a 4. A participação é voluntária, exclusiva a titulares de cargo e para ocupantes de funções atividades com atuação na rede há, no mínimo, três anos e que cumpram outros critérios como a assiduidade.
 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias