Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 22 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Em 3 meses, Casa da Mãe Ferrazense dobra número de atendimentos

22 SET 2015 - 08h00

 Em três meses de funcionamento, a Casa da Mãe Ferrazense dobrou o número de atendimentos. Inaugurado no dia 17 de junho de 2015, o equipamento administrado pela Secretaria Municipal de Promoção e Desenvolvimento Social, efetuava o acolhimento de 130 mulheres, entre gestantes e mulheres com filhos de até 1 ano, e o número saltou para 280 neste mês de setembro, crescimento de 115,4%.

O local, que funciona no número 1.229 da Avenida Brasil, visa atender prioritariamente gestantes que se encontrem em vulnerabilidade social, disponibilizando, segundo a primeira-dama de Ferraz de Vasconcelos, Viviane Vieira dos Santos, orientações de cuidados e saúde, estreitando laços maternos, por meio de acompanhamento semanal, além de oficinas de geração de renda e terapias ocupacionais.

Objetivando criar um espaço acolhedor e humanizado, com atendimento de qualidade às mães e bebês, conforme explica a coordenadora do local, Maria Laurinda Silva Duarte, a Laura, a Casa da Mãe Ferrazense conta com atendimentos às gestantes com nutricionistas, psicólogos, plantão de dúvidas sobre o "Bolsa Família" e formas de reinserção na sala de aula, visto que algumas atendidas não concluíram os estudos, bem como as terapias ocupacionais, por meio de cursos.

"Nós temos cursos de Corte e Costura e de Artesanato, que são ministrados todas as segundas-feiras por um período de 1h30. A ideia é que as gestantes produzam o enxoval de seus filhos", explica Laura.

A "casa das gestantes" ainda está recebendo inscrições. De acordo com a secretária de Promoção e Desenvolvimento Social, Francisca Henrique de Oliveira, a Fran, as mulheres deverão apresentar, no ato do cadastro, documentos pessoais (RG e CPF), comprovante de endereço e o acompanhamento do pré-natal feito em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do município.

"Aqui temos palestras relacionadas à saúde da gestante e do bebê, desenvolvimento da cidadania, educação nutricional, além de atividades que funcionarão como terapia gestacional, como a confecção de enxovais que serão disponibilizados para os bebês", informou a secretária.

Conforme explica o prefeito Acir Filló (PSDB), todas as gestantes podem fazer seus cadastros e frequentarem a Casa, que é um equipamento de suma importância para o acompanhamento da gravidez, bem como os primeiros meses do bebê em vida.

"O local funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Oferecemos muitas às atividades que servem como terapia para as mulheres, sem contar que o local disponibiliza orientações imprescindíveis em uma gravidez, principalmente àquelas que serão mamães pela primeira vez", salienta Filló.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias