Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
domingo 13 de junho de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/06/2021
GrupoIndy
EDP SEGURANÇA
Região

Em queda há 27 dias, Sistema Alto Tietê opera com 54,4% da capacidade de água

Três barragens do Alto Tietê operam abaixo dos 15%. Dados foram atualizados nesta sexta-feira (6) pela Sabesp

Por Daniel Marques - da Região06 NOV 2020 - 22h16
Em queda há 27 dias, Sistema Alto Tietê opera com 54,4% da capacidade de águaFoto: Arquivo/DS
Pelo 27° dia seguido, o nível das represas da região caiu. Operando com 54,4% de sua capacidade, o Sistema Alto Tietê (Spat) de mananciais tem três barragens operando abaixo dos 15%. Os dados foram atualizados na manhã desta sexta-feira (6) pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).
 
As únicas represas que operam com volume confortável são a de Ponte Nova e a de Paraitinga. A primeira começou o dia de ontem com 80,1% de sua capacidade, enquanto a segunda operou com 61%.
 
Em contrapartida, das três represas que operam abaixo dos 15%, a pior situação ocorre na de Jundiaí. A barragem operou ontem com apenas 6,2% de sua capacidade. A segunda pior foi a de Taiaçupeba, com 10,9%. A represa de Biritiba também fechou o dia de ontem com números ruins, operando com apenas 13,6% da capacidade.
 
Sistemas
 
O Sistema Alto Tietê é o que tem o quarto maior volume de água armazenada entre todos os sistemas operados pela Sabesp.
O que possui situação mais confortável é o de Rio Grande, com 76,9%. Logo atrás vem o de São Lourenço, com 69,5%. Em terceiro na lista está o Sistema Cotia, com 61%.
 
Depois do Sistema Alto Tietê, aparecem Rio Claro e Guarapiranga, com 48,2% e 47,7%, respectivamente. 
Fecha a lista o Sistema Cantareira, operando com 33,8% da capacidade.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias