Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 27 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
ÚNICCO POÁ
Pmmc Sarampo

Escola estadual em Poá é desocupada e aulas são retomadas

16 DEZ 2015 - 07h01

 Foi desocupada, na manhã de ontem, a Escola Estadual Benedita Garcia Cruz, de Calmon Viana, em Poá. A unidade permanecia ocupada há 15 dias em protesto contra a reorganização escolar do governo estadual. Os alunos confirmaram que a desocupação do prédio se deve à decisão do Estado em adiar a reestruturação do ensino. O DS esteve no local e constatou que as aulas já retornaram. As informações foram confirmadas pela Secretaria Estadual de Educação.

A saída dos alunos aconteceu às 7h30, após a retirada de colchonetes que foram usados no local para passarem as noites, além dos outros pertences pessoais dos estudantes. "Deixamos a escola bem organizada, do jeito como a encontramos, antes de nos retirarmos", explicou o aluno Jean Aparecido de Carvalho, de 18 anos. De acordo com ele, a decisão de sair da escola foi debatida entre os alunos que ocupavam o prédio. "Não tínhamos mais argumentos para ficar, depois da divulgação do Estado sobre o adiamento. Com isso, entramos no consenso de que estava na loja que sair".

Os alunos informaram ao DS, no início do mês, após o pronunciamento do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que não desocupariam a unidade até que a decisão do governo fosse de cancelar a reorganização e não adiá-la. Carvalho explicou que assim que saíram da unidade as aulas retomaram. "Há alunos já estão nas salas de aulas. Mas são poucos. Imagino que quase ninguém vá repor essas aulas", comentou o aluno.

Assim como a retomada das aulas, os serviços de atendimento da escola retomaram ontem e pais tiravam suas dúvidas junto à secretaria da unidade escolar. De acordo com a administração da escola, os professores ainda estão organizando o calendário de ensino para a reposição das aulas, mas o esperado é que as aulas continuem todos os dias até a primeira quinzena de janeiro. Foram, aproximadamente, 15 dias de aulas perdidos.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias