Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 27 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE

Estratégias para avanço na Educação Especial são discutidas em Ferraz

17 SET 2015 - 08h01

 O primeiro encontro entre profissionais da saúde e professores da rede pública de ensino sobre Educação Especial aconteceu ontem, em Ferraz de Vasconcelos. A reunião que ocorreu na Escola Municipal de Ensino Infantil (Emef) Primorosa Jorge, na Vila Santo Antônio, das 8h30 às 11h30, teve como objetivo a integração entre a equipe de saúde mental da cidade e dos professores das escolas municipais, visando o planejamento de estratégias para melhorar o ensino das crianças com algum tipo de deficiência.

O encontro teve como tema a apresentação e dinâmica dos dois grupos de profissionais e contou com a participação de aproximadamente 40 pessoas, entre psicólogos, professores e gestores das escolas. Além deste, mais três encontros estão previstos, sendo o próximo no dia 30 deste mês com o tema "Normal/Patológico".

Definido pela secretária de Educação, Valéria Eloy da Silva Kovac, como encontros de formação, esta primeira reunião teve a participação de quatro psicólogos do Ambulatório de Saúde Mental do município, Luciana Silva, André Fróes, Luciene Maria de Jesus e Carmem Moreno, que já trocaram experiências com os professores presentes.

Para Valéria, os encontros são uma oportunidade valiosa para o avanço na educação especial do município, ao passo que se um professor tem dificuldade com o aluno frente a sua deficiência, pode contar com o apoio da equipe da saúde mental.

"Temos dois tipos de estudantes deficientes na rede, os que têm seu tipo de deficiência definida e os que chamamos de 'hipótese diagnóstica de deficiente', onde não sabemos ao certo o laudo deste aluno. Independente de qual quadro a criança faz parte, estes encontros servirão para alinharmos estratégias para melhorar o ensino dirigido a este publico", afirma Valéria.

Para o prefeito de Ferraz de Vasconcelos, Acir Filló (PSDB), iniciativas como estas mostram o que a cidade tem feito pela aprendizagem dos estudantes da rede pública.

"Trabalhamos com aproximadamente 300 alunos do Atendimento Educacional Especializado, o AEE, em 24 polos, e suas limitações vão desde físicas até mentais, como transtornos e comportamento. Queremos oferecer o melhor a estes alunos também, e estes encontros das equipes educacionais e de saúde são mais uma etapa para este avanço", conclui Filló.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias