Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 31 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 31/10/2020
PMMC COVID VERDE
Pms Coronavírus - Fase Verde
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo Outubro

Estudantes decidem desocupar escola

03 DEZ 2015 - 07h00

 A Escola Estadual (E.E) Professor Cícero Antônio de Sá Ramalho, em Itaquaquecetuba, foi desocupada na última terça-feira, no período da noite. A decisão foi tomada por cerca de 200 pessoas, incluindo os alunos que ocupavam o local, junto a pais e população, em reunião com a supervisora de ensino de Itaquá e Poá, que teve início às 19 horas. A informação foi passada pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de São Paulo (Apeoesp), que acompanhou a negociação.

A proposta aceita pelos estudantes é a de manter o Ensino Médio e o Fundamental I na unidade, dessa forma, apenas o Fundamental II deve ser remanejado. Na região, as escolas E.E professora Benedita Garcia da Cruz, em Poá e a E.E professor Francisco de Souza Mello, em Mogi das Cruzes, continuam ocupadas.

De acordo com a Apeoesp, que estava apoiando os alunos, a nova proposta não agradou totalmente os estudantes, que se manifestavam contra qualquer reorganização na unidade. "Por hora eles aprovaram. Mas não desistiram de lutar pela causa. Estão sendo organizadas novas manifestações na frente da Diretoria de Ensino de Itaquá", contou a coordenadora do sindicato em Itaquá, Maria Lourdes Rafael. Ainda de acordo com ela, os alunos do Fundamental II devem ser remanejados para a E.E Jardim Arizona. "Se o Estado não cumprir com a proposta oferecida, os estudantes voltam a ocupar a escola", pontuou.

A Secretaria de Estado da Educação informou que a escola E.E professora Benedita Garcia da Cruz, em Poá, continua ocupada e que os alunos recusaram todas as propostas oferecidas pelo Estado até agora.

REINTEGRAÇÃO DE POSSE

A dirigente de ensino de Mogi das Cruzes, Rosania Morales Morroni, divulgou que a ação para reintegração de posse da Escola Estadual Professor Francisco de Souza Mello, no Botujuru, já foi encaminhada à Procuradoria Geral do Estado (PGE). "Os alunos ocuparam e estão nos impedindo de entrar na escola. Eu informei aos estudantes que só aceitaria as propostas deles caso eles desocupassem a escola, mas até agora não tive resposta. Em paralelo à ação de reintegração de posse, seria melhor se resolvêssemos por meio de diálogo", explicou a dirigente.

O DS questionou a Secretaria Estadual de Educação sobre as ações para a reintegração no prédio, contudo, o órgão informou que a solicitação deve ser encaminhada pela Procuradoria Geral do Estado (PGE). Por sua vez, questionada sobre o assunto, a PGE não deu parecer.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias