Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 24 de julho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/07/2019
Centerplex Rei Leão
PMMC FÉRIAS
PMMC ORQUIDEAS
PMMC AGASALHO
PMMC INVERNO

Filló vai à seccional em Mogi e denuncia jornal

28 AGO 2015 - 08h00

O prefeito de Ferraz de Vasconcelos, Acir Filló (PSDB), protocolou ontem, na Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes, uma denúncia contra o jornal “Oi Diário" por suposta tentativa de extorsão. Na queixa, o prefeito diz que o jornal pediu a quantia de R$ 20 mil semanais para que matérias desfavoráveis da Prefeitura não fossem publicadas.

Segundo Filló, o pedido teria ocorrido há algumas semanas, quando o diretor do "Oi Diário", Félix José Romanos, o procurou para fazer um “acordo” e, desta forma, as matérias negativas em relação à administração municipal não seriam mais publicadas. "Ele tentou me extorquir pessoalmente e a outros secretários municipais. A exigência para cessar essas publicações seria o valor de R$ 20 mil, e, claro, negamos", disse Filló.

A última tentativa de extorsão, segundo o prefeito, supostamente ocorreu há, aproximadamente, uma semana contra o secretário de Comunicação, Arildo dos Santos. Em uma breve conversa com jornalistas, o líder do executivo reiterou que o jornal utiliza uma “artimanha intolerável” para obter quotas publicitárias fazendo 'torturas psicológicas'. Filló também reiterou que outras gestões municipais do Alto Tietê sofrem com “extorsões sistemáticas” por parte do jornal e, assim, não são “atacadas”. "Não posso citar nomes pela ética política. Mas eles passaram por este problema e, infelizmente, cederam ao ataque massivo e ilegal do jornal, que ataca eleitoralmente e politicamente. Agora, eu espero que eles possam denunciar".

Além do registro do Boletim de Ocorrência (B.O.), a administração municipal protocolou ações na Justiça para "reparar todos os males que as matérias e edições fizeram a Filló e a outros prefeitos da região”. "Estaremos indo à Associação Nacional de Jornais (ANJ) para denunciá-los e iremos acompanhar o que será feito daqui em diante".

A Polícia Civil vai analisar os fatos apresentados por Filló e, posteriormente, poderá convocar o jornalista Braz Santos e o diretor Félix Romanos para prestarem esclarecimentos e rebater as acusações.

A reportagem do DS entrou em contato com o jornal, porém, não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

O jornalista responsável, Braz Santos, disse que defende o que foi escrito e mantém as informações publicadas nas edições do jornal.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias