Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 19 de outubro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/10/2018
PMMC OUTUBRO - MOGI + ROSA
Costa Rica
PMMC OUTUBRO -  EDUCAÇÃO
MRV - CONQUISTE SEU APÊ

Governador retoma obra do Piscinão e anuncia R$ 183,9 milhões para saneamento

Além da verba de saneamento, também serão investidos mais R$ 34 milhões em obras de infraestrutura e saúde

Por Lucas Lima - De Poá17 MAI 2018 - 21h03
Em visita a Poá, governador anunciou verbas para obras em PoáFoto: Sabrina Silva/Divulgação
O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), anunciou, nesta quinta-feira (17), em Poá, a liberação de R$ 4,2 milhões para a retomada das obras do reservatório de contenção de cheias, o Piscinão. Anunciou ainda mais R$34 milhões em recursos. Destes, R$ 25 milhões será destinado para canalização do córrego Itaim (região central); R$ 4 milhões para trabalhos de pavimentação; e R$ 5 milhões para a área da saúde. 
No evento, ainda foi realizada a renovação dos contratos da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) com as prefeituras de Poá e Salesópolis, por mais 30 anos no total de R$ 183,9 milhões. 
 
"Estamos realizando um sonho para o nosso município. Agradeço a todos que se esforçaram nesses trabalhos para que chegássemos até essas conquistas", disse o prefeito Gian Lopes (PR) em relação aos valores liberados.
 
A verba destinada às obras da 1ª fase do Piscinão serão destinadas por meio do recurso Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (Fumefi), e será paga em duas parcelas. Nesta etapa, serão realizados serviços de terraplanagem, escavação, transporte de mais de 9 mil metros cúbicos de terra e a concretagem do fundo dos tubos do reservatório. Além disso, serão construídos mais 2,3 mil metros quadrados de gabião. A previsão de conclusão é de cinco meses.
 
De acordo com o superintendente do Fumefi, Winderson Ancelotti, é esperada a redução substancial dos impactos e enchentes em Poá, após a finalização desta etapa das obras. "Um equipamento tão esperado e tão necessário, que trará efeitos positivos. Além de resolver a questão das enchentes, que beneficiará 400 mil pessoas da região - de Poá, Ferraz de Vasconcelos e do bairro Paulistano de Guaianases -, gerará direto e indireto 170 vagas de emprego", explicou.
 
Gian Lopes destacou ainda que o dinheiro da pavimentação será usado para o recapeamento de ruas e avenidas centrais e da área de saúde para a reabertura do Pronto do Atendimento Infantil. Também compareceram no evento, os prefeitos Rodrigo Ashiuchi (PR), de Suzano; Mamoru Nakashima (PSDB) de Itaquaquecetuba; José Carlos Fernandes Chacon (PRB), o Zé Biruta, de Ferraz de Vasconcelos; além dos deputados estaduais Luiz Carlos Gondim (SD), Marcos Damasio (PR) e André do Prado (PR), o deputado federal Márcio Alvino (PR), e secretários e vereadores de Poá.
 
Sabesp
Em relação a renovação dos contratos com a Sabesp, no total, serão investidos R$ 183,9 milhões em saneamento nos dois municípios (Poá e Salesópolis) durante 30 anos. 
 
Na cidade de poaense, especificamente, serão investidos R$ 71,2 milhões em água e R$ 90,2 milhões em esgoto. 
 
"Em Poá, os indicadores de saneamento deram um salto desde quando a empresa assumiu os serviços em 1977. Na época, tínhamos 50% de água tratada e apenas 20% de esgoto. Hoje, temos 99% de água e 87% de esgoto", afirmou o secretário estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, Benedito Braga.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias