Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quarta 22 de setembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/09/2021
GrupoIndy
ManArc
SEC DE GOVERNO - CAMPANHA: CORONAVIRUS - VALE GÁS - FASE II
PMMC REDESCUBRA MOGI
PMMC REDESCUBRA MOGI - TODA QUINTA

Incidência de raios cai 11,84% com 134 ocorrências no Alto Tietê

Instituto registrou 152 raios que tocaram o solo em agosto de 2020, número caiu para 134 neste ano

Por Matheus Cruz - da Região12 SET 2021 - 19h00
Dados do Elat e do Inpe apontam para queda de 11,84% em agosto de 2021 na comparação com 2020Foto: Irineu Junior/Arquivo/DS
A incidência de raios nas cidades do Alto Tietê caiu 11,84% durante o mês de agosto.
 
Dados do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam que em agosto de 2020, 152 raios caíram na região. O índice caiu para 134 durante o mesmo período.
 
A queda também foi registrada em relação aos raios que permaneceram nas nuvens, ou seja, aqueles que não chegaram a atingir o solo das cidades.
 
No comparativo entre o mesmo período, a incidência é de 46,82%, já que passou de 252 para 134 entre agosto dos dois anos.
Suzano registrou apenas dez raios que atingiram o solo no mesmo período.
 
Queda
 
A cidade teve queda de 67,74% no comparativo com agosto do ano passado, quando 31 raios caíram na cidade.
 
Para se ter ideia da diferença entre as outras cidades, entre os municípios da região, Santa Isabel lidera o ranking de registros de queda de raios. Apenas no mês de agosto, foram 48 que chegaram ao solo.
 
Em Mogi das Cruzes a queda foi ainda maior no comparativo com agosto do ano passado. Naquele mês, a cidade teve 58 raios registrados, chegando a 13 neste ano. A queda foi 77,58%.
 
Na cidade de Ferraz de Vasconcelos a queda também foi registrada. Foram quatro raios em agosto do ano passado e dois no mês passado.
 
Em Poá, a queda foi de 100%, já que no ano passado foram dois raios e neste mês de agosto nenhum foi computado pelos órgãos.
 
Arujá e Biritiba Mirim foram os dois únicos municípios da região a ter aumento no índice, passando de dois para dez e zero para sete, respectivamente.
 
Em Salesópolis o índice se manteve entre os dois períodos. Foram 27 raios em agosto dos dois anos. Por fim, em Guararema, a queda foi de 35,71%. Foram 14 raios no ano passado e nove em agosto deste ano.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias