Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 15 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/08/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Marcus Melo se reúne com entidades contrárias à implantação do pedágio na Mogi-Dutra

Prefeito reiterou sua posição contrária ao projeto de implantação de uma praça de pedágio na rodovia

Por de Mogi10 DEZ 2019 - 21h45
A pedido dos representantes das entidades, o prefeito buscará agendar uma reunião com representantes do Governo do Estado para que os mogianos possam expor os seus argumentos contrários à implantação do pedágioFoto: Ney Sarmento/PMMC

O prefeito Marcus Melo se reuniu, na tarde desta terça-feira (10), com representantes de entidades e da sociedade civil que são contra a instalação de um pedágio no quilômetro 45 da rodovia Mogi-Dutra. Durante o encontro, que aconteceu no Gabinete, o prefeito reiterou sua posição contrária ao projeto de implantação de uma praça de pedágio na rodovia.

“Já me posicionei, de forma bem transparente, contrário ao pedágio, inclusive com o envio de documento para a Artesp oficializando este posicionamento. Como prefeito, como cidadão e como mogiano, sou contra. É um tema que une a todos nós e é importante que toda a sociedade se mantenha unida nesta luta e que outras entidades se agreguem a esta mobilização”, afirmou Marcus Melo.

Participaram da reunião, o vice-prefeito Juliano Abe, o secretário municipal de Governo, Marco Soares, e representantes da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Mogi das Cruzes, da Associação Comercial de Mogi das Cruzes, do Sindicato Rural de Mogi das Cruzes, de Lojas Maçônicas e de moradores do Condomínio Aruã.

O prefeito lembrou ainda que a luta contra a implantação de um pedágio é de toda a região. Os 12 prefeitos que fazem parte do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) já assinaram um documento contrário à medida. O chefe do Executivo mogiano assumirá em janeiro a presidência do órgão.

“Uma das bandeiras do Condemat é a luta contra o pedágio, que trará prejuízos para todas as cidades da região do Alto Tietê”, lembrou Marcus Melo.

O trecho da rodovia Mogi-Dutra entre a cidade e a rodovia Ayrton Senna já possui estrutura consolidada, tendo tido a sua duplicação entregue em 2005. “A rodovia já teve este trecho duplicado e já está consolidada. Uma praça de pedágio não traria nenhum benefício para a população de Mogi das Cruzes”, disse.

A pedido dos representantes das entidades, o prefeito buscará agendar uma reunião com representantes do Governo do Estado para que os mogianos possam expor os seus argumentos contrários à implantação do pedágio. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias