Envie seu vídeo(11) 4745-6900
terça 28 de junho de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/06/2022
PREFEITURA DE MOGI CAMPANHA: CENTRO DE LUTAS PI 50364
SECRETARIA DO GOVERNO PI 349.415
PREFEITURA DE MOGI CAMPANHA: INSTITUCIONAL 2022 PI 50344
PREFEITURA DE MOGI CAMPANHA: PRO MULHER 2022 PI 50288
CONSTRUTORA PATRIANI

Mogi lança programa habitacional e anuncia reforma de 750 imóveis

Reformas fazem parte de parceria com o Governo do Estado por meio do programa Viver Melhor

Por de Mogi22 JUN 2022 - 23h15
Flávia Batista e Rogério Dirks Lessa apresentam as novidadesFoto: Divulgação/PMMC
A Prefeitura de Mogi lançou nesta quarta-feira o programa Mogi Meu Lar, um conjunto de ações e projeto para o setor habitacional da cidade. Além disso, a Prefeitura anunciou parceria com o programa estadual Viver Melhor que permitirá a revitalização de 750 residências em três bairros: Vila Estação (350 unidades), Jundiapeba (200 unidades) e Vila Nova União (200 unidades).
 
O coordenador de Habitação do município, Rogério Dirks Lessa, explicou que o objetivo é assegurar às famílias condição de ter um imóvel de qualidade. 
 
“Na Vila Estação está sendo finalizada a regularização fundiária e vai dar início a requalificação da moradia. É um ganho importante para Mogi e as as famílias”, disse.
 
Entre os serviços realizados nas residências, envolvem reparos de drenagem, instalações elétricas e hidráulicas, conexão com rede de água e esgoto. As fachadas das casas também são recuperadas e ganham pintura colorida para revitalizar a paisagem local.
 
Programa de Habitação
 
O programa lançado por Mogi ontem é dividido em eixos específicos e vai contemplar pontos como a regularização fundiária, a reforma de unidades habitacionais já existentes e a realização de um novo Cadastro Municipal de Habitação.
 
“A habitação, ainda mais em um cenário pós-pandemia, é um problema nacional. Todas as cidades estão vivendo isso, e Mogi muito mais. A cidade é referência no Alto Tietê, tem um território amplo, com estrutura de saúde e educação muito boas, o que naturalmente atrai novos moradores. Houve programas de habitação no município, mas sempre com uma expectativa e em reação a algo provocado pelo Estado ou pelo Governo Federal. Agora nós estamos colocando a habitação em um novo patamar, trazendo novidades municipais, mas sempre com o suporte de outras esferas de governo”, afirmou o prefeito Caio Cunha.
 
Outras obras
 
O Governo do Estado já aprovou e abriu edital para a construção de 64 moradias da CDHU no Conjunto Habitacional Jefferson da Silva, com previsão de início das obras para o segundo semestre e entrega em 2024.
 
O custo da obra ficou em torno de R$ 11 milhões. “ A empresa já foi contratada e está aguardando ordem de serviço. Com início no segundo semestre”, afirma.
 
Mogi em conjunto com a CDHU, também foi contemplado pelo Programa Especial de Moradia (PEM. O coordenador, esclarece que o custo da obra ficou em R$ 600 mil para revitalizar a quadra do CDHU de Cezar de Souza e o entorno. “Ajudar na melhoria da qualidade de vida dos moradores é um ganho para Mogi”, comentou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias