Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 31 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/10/2020
PMMC COVID VERDE
Pms Coronavírus - Fase Verde
Pmmc Sarampo Outubro
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Mogi promove grande mutirão contra o Aedes aegypti no sábado

11 FEV 2016 - 07h00

 Mogi das Cruzes realizará um grande mutirão contra o mosquito Aedes aegypti no sábado. A ação faz parte de um amplo trabalho realizado desde o ano passado para combater o mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e do Zika Vírus. Este último, associado ao surto de microcefalia que levou o Ministério da Saúde a decretar emergência sanitária nacional.

Das 8h30 às 13 horas, serão feitos trabalhos de limpeza nas praças públicas, Parque Centenário, Parque Leon Feffer e Botyra Camorin Gatti, cemitérios, centros esportivos e canteiros de obras. Além disso, a operação Cata-Tranqueira vai passar pelos bairros do Rodeio, Mogilar, Jardim Maricá e Nova Mogilar recolhendo materiais inservíveis, como restos de móveis, entulhos, colchões velhos, entre outros produtos para descarte. Em outros pontos da cidade, o material coletado poderá ser levado aos Ecopontos e às sedes das Administrações Regionais.

“Nosso pedido é para que todos os cidadãos mogianos também aproveitem esse sábado, dia 13 de fevereiro, para fazer um grande mutirão de limpeza em suas casas, comércios e empresas”, explica o secretário municipal de Saúde, Marcello Delascio Cusatis. O material descartado pode ser levado ao Ecoponto do Parque Olímpico ou do Jardim Armênia, que estarão funcionando no sábado, durante o mutirão.

O combate ao Aedes aegypti já faz parte da rotina na Prefeitura de Mogi das Cruzes, mas novas medidas foram implantadas e antigas ações foram intensificadas diante da ameaça de transmissão de três graves doenças: Dengue, Chikungunya e Zika Vírus. O objetivo é aumentar a conscientização da comunidade para agir em parceria com a administração municipal na eliminação dos criadouros.

Gestantes

Mogi ainda investiu cerca de R$ 200 mil na compra de 10 mil unidades de repelentes que estão sendo distribuídos gratuitamente às gestantes que fazem pré-natal pela rede pública, por meio do Sistema Integrado de Saúde e do Programa Mãe Mogiana.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias