Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 26 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ
Pmmc Sarampo

Mogi receberá 120 novas coberturas em pontos de ônibus a partir deste mês

22 JUN 2016 - 08h00

Mogi das Cruzes vai receber 120 novas coberturas para pontos de ônibus. O investimento será realizado pelas empresas CS Brasil e Princesa do Norte, concessionárias do transporte público do município. As informações foram dadas pelo secretário municipal de Transportes, Nobuo Aoki Xiol, durante reunião realizada na manhã de ontem na Câmara de Mogi das Cruzes. O secretário compareceu ao Legislativo a convite da Comissão Permanente de Transportes, presidida pelo vereador Claudio Miyake.

Informações da Secretaria Municipal de Transportes dão conta de que, até fevereiro de 2016, o município possuía pouco mais de 600 pontos cobertos. Desde então, a Prefeitura iniciou o processo para instalação de cerca de 70 novas coberturas, que deverá ser finalizado até o final do próximo mês. Durante a reunião de hoje, Xiol informou que as duas concessionárias do transporte público deverão instalar mais 120 coberturas, com início dos serviços previsto para o fim deste mês de junho. No total, portanto, serão 190 novos pontos cobertos espalhados pelo município de Mogi das Cruzes.

O presidente da Comissão de Transportes da Câmara, vereador Claudio Miyake, destaca que, com os novos investimentos, Mogi das Cruzes terá mais de 800 paradas cobertas. Elas representam um terço dos 2400 pontos do transporte público municipal. "A questão das coberturas dos pontos é um assunto que a comissão acompanha de perto desde meados de 2015. Chegamos a realizar reunião solicitando atenção da Prefeitura e das empresas concessionárias para o assunto. Estou bastante satisfeito com as novas conquistas, que beneficiarão diretamente os usuários do transporte público municipal".

Zona Azul

O secretário Xiol defendeu, ainda, o reajuste de R$ 1 para R$ 1,50 nas vagas de estacionamento de Zona Azul, que será aplicado a partir de segunda-feira. “Várias cidades da região possuem valores de R$ 1,50 a hora há tempos e aqui a empresa estava sem reajuste desde 2007”, afirmou o secretário.

Iduigues pediu para que sejam prestadas informações sobre a lucratividade. “A gente ouviu as explicações sobre os custos e as despesas, mas precisamos saber quanto a concessionária da Zona Azul lucra na nossa Cidade. Porque se for um negócio bom, muito lucrativo, o fato de estar sem aumento desde 2007 pode não justificar este reajuste”, diz.

Além de Claudio Miyake e do secretário Xiol, também participaram da reunião os vereadores Iduigues Martins e Odete Souza, além dos técnicos da Prefeitura, Samuel Bezerra e Miriam Benites.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias