Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 29 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/10/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pms Coronavírus - Fase Verde
PMMC COVID VERDE
Pmmc Sarampo Outubro
PMMC OUT ROSA
Mogi das Cruzes

Moradores de César de Souza relatam queimadas na mata

Por Fernando Barreto - da Região22 SET 2020 - 16h02
Moradores de César de Souza relatam queimadas na mataFoto: Divulgação
A associação de moradores da Estrada Santa Catarina e Procópio, em César de Souza, distrito de Mogi das Cruzes, relataram à reportagem possíveis queimadas geradas por moradores de sítios na região ou criminosos. 
 
A moradora Ingrid Monteiro contatou o DS com uma gravação mostrando fortes queimadas na estrada. Na gravação é possível observar fumaça preta e ouve-se até o fogo queimando a mata próxima.
 
Segundo relatou Ingrid, as queimadas “estão se tornando incontroláveis, atingem grandes dimensões”.
 
Ela afirma que sempre ocorreram no local, mas atualmente estão piores, se tornando “maiores e frequentes”.
 
“Com as queimadas estamos perdendo árvores nativas, animais nativos, por se tratar de uma área rural e ambiental nossos mananciais estão sendo diretamente afetados. No último incêndio casas foram destruídas, rede elétrica e mais mata nativa”, relatou.
 
Ingrid conta que liga para o Corpo de Bombeiros, que resolvem as queimadas, mas ninguém consegue fazer com que parem.
 
A Prefeitura de Mogi das Cruzes respondeu, em nota, que a população precisar ser cuidado ao manusear objetos que podem causar incêndios, como bitucas de cigarro e outros.
 
“É importante frisar que o combate às queimadas é um dever da população, que deve adotar atitudes como nunca descartar pontas de cigarro ainda acessas em locais onde haja vegetação, menos ainda se esta vegetação estiver seca; descartar lixo de forma adequada e responsável, pois o material pode servir de alimento para o fogo; evitar fazer fogueiras em locais secos; não soltar balões (ato que constitui crime) e por fim nunca usar fogo para queima de lixo ou para a limpeza de plantações”, disse a Prefeitura.
 
Por fim, a administração municipal de Mogi informou que atua e fiscaliza queimadas sempre em conjunto com a Polícia Ambiental, Polícia Civil, Cetesb e o Corpo de Bombeiros. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias