Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 24 de junho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/06/2019
PMMC AGASALHO
PMMC JUNHO VERDE
Governo do Estado - Feminicídio

Mortes no trânsito caem 52,38% na região; maioria das vítimas era homens

Redução se refere aos dados de abril deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado

Por Marcus Pontes - da Região21 MAI 2019 - 18h45
Em Suzano, os acidentes aconteceram durante a noite. As mortes foram registraram na Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31), região Sul, e Rua Vereador João Batista Fitipaldi, região NorteFoto: Divulgação
Dez pessoas morreram nas estradas da região em abril deste ano. A maioria eram homens, com idades entre 45 e 79 anos. O número de mortes, porém, é menor ao mesmo período do ano passado, quando 21 pessoas perderam a vida em algum tipo de acidente, uma redução de 52,38%. As informações são do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito (Infosiga). 
 
Itaquaquecetuba é a cidade com mais registros de mortes no trânsito, com três. Deste total, dois foram por atropelamento e um batida frontal. As vítimas eram homens. Os acidentes aconteceram, na noite ou madrugada, nas rodovias Alberto Hinoto (SP-58) e João Afonso de Souza Castellano (SP-66). Em relação ao ano passado, o aumento é de 200%. 
 
Empatadas
 
Mogi das Cruzes e Suzano registraram dois casos cada em abril deste ano. No ano passado, o município mogiano computou oito mortes, o que representa uma redução de 75%. 
 
A cidade suzanense também apresentou queda nas mortes. Em 2018, foram cinco ocorrências computadas. Ou seja, uma diminuição de 60%.
 
Perfil de mortes em Suzano
 
Em Suzano, os acidentes aconteceram durante a noite. As mortes foram registraram na Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31), região Sul, e Rua Vereador João Batista Fitipaldi, região Norte. Levantamento aponta que a primeira vítima era uma mulher, de 49 anos. 
O segundo caso foi o atropelamento de um idoso, de 76 anos. E ambos foram durante a semana (quarta e quinta-feira). 
 
DEMAIS MORTES 
 
Os dados do Infosiga mostram também que Arujá, Biritiba Mirim e Poá computaram uma morte no trânsito cada. Dos três casos, dois foram em rodovias e um em via municipal. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias