Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quinta 25 de fevereiro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/02/2021
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
CENTRO MÉDICO
GrupoIndy

Na luta contra a fome, projeto beneficia mais de 3 mil famílias carentes da região

Além disso, também oferece atividades de diversão e ações de higiene básica e higiene bucal para crianças

Por Lucas Lima - de Suzano24 JAN 2021 - 18h30
“Os lacres de latinhas são revertidos em alimentos por meio da reciclagem, o que torna a ação sustentável”, disse FernandaFoto: Isabela Oliveira/DS
O projeto social “Junta que Ajuda” beneficiou mais de 3 mil famílias carentes do Alto Tietê com cestas básicas. A iniciativa, realizada há quase dois anos, luta contra a fome. Para isso, revertem lacres de latinha em alimentos. Além disso, também oferece atividades de diversão e ações de higiene básica e higiene bucal para crianças.
 
Durante participação no DS Entrevista, a fundadora do projeto, Fernanda Campanile, disse que a proposta nasceu para fazer o bem. “Os lacres de latinhas são revertidos em alimentos por meio da reciclagem, o que torna a ação sustentável”, explica. Segundo ela, são necessárias 14 garrafas pets cheias para reverter em apenas uma cesta básica. 
 
A ideia de desenvolver o projeto surgiu desde quando Fernanda teve o primeiro contato com as famílias em situação de vulnerabilidade social. “Tinha 20 anos e fiz alguns trabalhos sociais. Brincava com a criançada, mas percebia que no final voltavam para casa com fome. E me perguntei como fazer para levar alimentos para elas. Vi que tinha projetos que revertiam lacres de latinhas em outras coisas e decidi fazer o mesmo, mas revertendo em comida”, enfatiza.
 
Atualmente, o projeto já beneficiou mais de 3 mil famílias com cestas básicas. Além disso, realizam eventos sociais com crianças. O último, por exemplo, foi o Natal Solidário. Na oportunidade, 500 crianças do Jardim Margareth, em Suzano, receberam auxílio com higiene básica e bucal. “Gratificante. Além de proporcionar brincadeiras e ações de saúde, puderam escolher o que gostariam de comer no final do evento. Entregamos também para todas as famílias uma cesta básica, para terem um natal sem fome”, frisa Fernanda.
 
Para este ano, Fernanda afirmou que pretende expandir o projeto para outras cidades, além da região, e até mesmo outros estados do País. “Hoje temos voluntários em Minas Gerais, Santa Catarina e, principalmente, lá na Bahia. Quero fazer uma futura ação lá no Nordeste, seria bacana”.
 
Pontos de coleta
 
O projeto conta com pontos de coletas estratégicos. Entre eles há um no Shopping de Suzano, outro na Óticas Carol de Poá, além do supermercado Veran, de ambas as cidades.
 
Junta que ajuda
 
Mais informações do Junta que Ajuda pode ser conferido no Instagram “juntaqueajuda”.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias