Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 23 de Outubro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/10/2017
mrv

Número de casamentos aumenta 33,79% na região em dez anos

Em 2006 formalizou o relacionamento 8.675 casais, já no ano passado foram registrados 11.606 casamentos

Por Pâmela Queiróz - Da Região24 SET 2017 - 17h41
Andressa e Marcos programaram casamento por oito anosFoto: Divulgação
Em dez anos, o número de casamentos registrados nos cartórios do Alto Tietê cresceu 33,79%. No período, foram apenas 2.931 novas uniões. Para se ter uma ideia, em 2006 formalizou o relacionamento perante a Justiça 8.675 casais, já no ano passado foram formalizados 11.606 casamentos. Os dados fazem parte de balanço divulgado nesta semana pela Fundação Seade.
 
Mesmo tendo tido crescimento em dez anos, o número de casamentos registrados entre 2015 e 2016 tiveram queda. Isso porque em 2015, casaram, nos dez municípios da região, 11.692 pessoas. O que representa queda de 0,74% quando comparado a 2016, ano em que o Alto Tietê teve 11.606 uniões formais.
 
Na região, entre as cidades que registraram mais casamentos estão Mogi das Cruzes, Itaquaquecetuba, Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Poá. No ano passado, o município mogiano casou 3.796 casais contra 3.791 formalizações no ano anterior (veja mais detalhes na tabela). 
 
União
Entre os motivos que levam os casais a quererem formalizar a união está a "fé" na família. Para o químico Hugo Vitor da Cruz, de 30 anos, hoje o conceito de família está desacreditado e isso precisa ser modificado por aqueles que acreditam na "força" do amor.
 
Hugo conheceu a esposa, Jaciara Saraiva da Cruz, de 23 anos, três anos antes de formalizarem a união. "Um dia estava trabalhando e na hora do almoço passei em frente a uma loja, aonde a vi. Foi paixão na hora e depois eu a procurei em uma rede social, de uma amiga que temos em comum. Enviei um convite para ela, começamos a conversar e algum tempo depois nos conhecemos pessoalmente e iniciamos o namoro", conta.
 
De lá para cá, o casal sempre planejou os próximos passos. Em três anos de namoro eles organizaram a compra de um apartamento e um dia o tão esperado pedido foi feito. "Ela meio que já esperava, pois já estávamos comprando o apartamento. Então um dia, em casa, eu perguntei se ela casava comigo e ela aceitou. Depois de três meses nos casamos no civil e fizemos um almoço especial com a nossa família", revela. 
 
O casal de Itaquá realizou a cerimônia na própria cidade. "Hoje acho que falta mais amor, as pessoas precisam acreditar mais no casamento, dar mais crédito para o conceito de família que está um pouco perdido. Mesmo em momentos de crise é possível formalizar a união, não precisa ter luxo, mas ter as pessoas que torceram pelo casal juntos, perto de nós. Eu amo muito a Jaciara e desejo estar junto dela para sempre", afirma.
 
Em comum ao casal de Itaquá, a registradora pública, Andressa de Campos Melo Ferreira, de 29 anos, e o marido, Marcos Antonio de Jesus Ferreira, de 34 anos, de Mogi, está o planejamento. Andressa conta que até formalizar o casamento no ano passado foram oito anos de programação. "Nos conhecemos em novembro de 2009, e namoramos por oito anos. Desde o começo planejamos tudo, a compra do apartamento, o pedido de casamento, o registro no civil, a festa. Então em 22 de abril, tivemos a cerimônia no civil e depois a festa com amigos e parentes. Foi algo que mudou totalmente a minha vida, meu comportamento, modo de pensar", explica.
 
Ela destaca ainda que desde o planejamento até a concretização da festa passou por bons e inesquecíveis momentos. "Foi muito gostoso planejar o casamento, tivemos pessoas que nos auxiliaram até o final da festa, e tudo que antecede o casamento se tornou um momento mágico, que marcou a minha vida e ficará para sempre na memória. Acho que todas as meninas deveriam passar por isso, pois é muito especial. Nós decidimos formalizar a união porque já estávamos a oito anos juntos, mas estávamos decididos em relação à mudança que queríamos para as nossas vidas, nos amamos e queremos estar juntos para sempre", assegura.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias