Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 18 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/09/2020
PMMC COVID LAR
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Obras do piscinão de Poá estão 60% concluídas; Borges realiza vistoria

13 MAI 2016 - 08h00

 "Agora podemos chamar esta obra de piscinão". Foi com esta frase que o prefeito de Poá, Marcos Borges (PPS), fez mais uma vistoria ao reservatório de contenção de cheias, em construção no bairro Vila Romana, ontem. Acompanhado de todo o seu secretariado, o chefe do Executivo poaense afirmou que o cronograma é seguido e o compromisso em entregar o piscinão pronto em dezembro está mantido.

Conforme pontuou o prefeito, desde que assumiu a Administração focou no trabalho para execução da obra e a mesma já chega ao percentual de cerca de 60% de conclusão.

"Agora já é possível visualizar de fato o piscinão e os serviços são feitos de forma ininterrupta. Para isso, nossa equipe buscou solucionar os erros cometidos em outra gestão para que nesta administração a obra prosseguisse, pois a importante fase de escavação que é feita de forma intensa já permitiu a chegar em parte do reservatório a 10 metros de profundidade, sendo que o total será de 14 metros", explicou o prefeito durante a vistoria.

Ainda de acordo com Borges, a fase de escavação deve seguir de dois a três meses e por dia na execução desta etapa, 35 caminhões fazem 10 viagens para a retirada de terra, que é destinada, conforme informação da empresa responsável pela execução da obra, em local específico chamado de 'bota fora' e que possui licenciamento da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

O chefe do Executivo adiantou também que as próximas fases da obras serão a construção da casa de bombas, que abrigará seis bombas e a concretagem. "Tudo é feito conforme o cronograma", frisou.

Nesta semana, por exemplo, mais de 80 funcionários trabalhavam na obra, e os serviços são iniciados sempre às 6 horas e encerrados às 19 horas, todos os dias, em função de cumprir a programação de execução.

Sobre a vistoria com os secretários municipais, o prefeito enfatizou ser importante que todas as pastas participem e acompanhem o andamento da construção do piscinão e que estejam informados sobre as etapas e esclareçam seus questionamentos, até mesmo para levar as informações aos munícipes. Também esteve presente o vereador José Carlos Costa (Maçã do Amor).

Segundo os secretários municipais Paulo Silas Dornelas (Obras) e Augusto de Jesus (Planejamento), a Administração Municipal busca recursos para executar outra obra - um canal artificial para águas pluviais em trecho de 1,5 quilômetro, que vai sair da Avenida Anchieta, próximo ao piscinão, e seguirá até perto da Praça de Eventos, também para reforçar o combate as enchentes. Este projeto já foi apresentado e entregue ao Ministério das Cidades, em Brasília.

Dados técnicos

O piscinão terá capacidade para 200 milhões de metros cúbicos (m³) de água, com 14 metros de profundidade e cerca de 350 metros de extensão.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias