Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 27 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/10/2020
PMMC OUT ROSA
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID VERDE
PMMC MULTI 2020
Pmmc Sarampo Outubro

Orçamento 2016 de R$ 470 milhões é aprovado em Poá

03 DEZ 2015 - 07h00

 O projeto que estabelece o orçamento para 2016 do município de Poá foi aprovado na manhã de ontem, durante sessão extraordinária na Câmara. A previsão, segundo o documento, é de R$ 470 milhões. A votação da peça ocorreu em dois turnos e contou com o protocolo de 29 emendas por parte dos vereadores.

De acordo com a legislação, a Lei Orçamentária Anual (LOA) deve ser votada antes do recesso parlamentar.

A maior fatia, entre os valores apresentados na peça para previsão orçamentária está na área da Educação, com R$ 158,7 milhões, já a Saúde será contemplada com R$ 102,7 milhões. A Segurança Urbana, com R$ 11,6 milhões e Promoção Social, R$ 17,5 milhões.

As demais pastas, como, por exemplo, a de Administração, contará com um orçamento de R$ 7 milhões, já Assuntos Jurídicos com R$ 2,1 milhões e a Secretaria da Fazenda com R$ 10,9 milhões.

A pasta de Serviços Urbanos terá um montante no valor de R$ 16,1 milhões, o Gabinete do Prefeito R$ 1,7 milhões, a Secretaria de Governo R$ 1,2 milhões, a de Indústria e Comércio R$ 3,5 milhões, a de Comunicação Social R$ 4,2 milhões, e de Planejamento R$ 979,9 mil.

A secretaria de Cultura terá R$ 8 milhões de orçamento para 2016, a pasta de Esportes R$ 13,4 milhões, de Turismo R$ 16,3 milhões e a pasta da Mulher R$ 1,3 milhões.

Já a Secretaria da Habitação terá à disposição R$ 1,4 milhões, a de Meio Ambiente R$ 18 milhões e a pasta de Transportes e Mobilidade Urbana R$ 11,4 milhões. Para a Câmara Municipal R$ 17,5 milhões e a Reserva de Contingência R$ 3,7 milhões.

Os vereadores rejeitaram uma emenda que autorizava o Executivo a abrir crédito complementar de 5% do total da despesa fixada, em contrapartida aprovaram uma modificativa que permite o remanejamento de 1% da receita fixada para o próximo ano.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias