Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 05 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/08/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
União

Órgãos de imprensa da região fecham parceria inédita após anúncio de suspensão de informações

'Consórcio de imprensa' foi formado oficialmente nesta quarta-feira (1º de julho) - mesmo dia em que o Condemat anunciou que voltou atrás na decisão

Por da região02 JUL 2020 - 11h34
Dados da Covid vão continuar sendo divulgados pelo CondematFoto: Divulgação
Em uma parceria inédita, sete órgãos de imprensa do Alto Tietê formaram um grupo para apurar e divulgar os dados da Covid-19. A decisão foi tomada tão logo o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) decidiu, na noite de terça-feira (30 de junho), que deixaria de fazer a divulgação diária dos dados.
O 'consórcio de imprensa' foi formado oficialmente nesta quarta-feira (1º de julho) - mesmo dia em que o Condemat anunciou que voltou atrás na decisão. 
 
Diante do recuo, o 'pool de imprensa' ficará em 'standy by', sem operacionalização efetiva, e divulgará os dados diários do Condemat.
 
O Consórcio de Municípios informou que vai manter o anúncio dos dados com informações de notificações, casos descartados e confirmados, além de óbitos e recuperados. Mesmo com o recuo do Condemat, a parceria de imprensa ficará mantida. Entrará em operação somente em uma eventualidade de um novo recuo do Consórcio de Municípios.
 
O 'pool' de imprensa, denominado de CovidJor, é formado pelos seguintes órgãos: Rádio Metropolitana, Dário de Suzano, Mogi News, Painel Jornalismo de Dados, Gazeta Regional, Portal Notícias de Mogi e Correio Independente. Outros órgãos foram convidados e ainda podem integrar o grupo.
 
SEM DADOS
 
Na noite de terça-feira, o Condemat informou que não faria mais a divulgação diária dos dados municipais do coronavírus (notificações/descartados, casos confirmados, óbitos e recuperados). 
A decisão foi tomada pela direção diante da divergência das estatísticas das Vigilâncias Epidemiológicas das cidades e do Estado.
 
Segundo a entidade isso acaba gerando interpretações diferenciadas dos indicadores, principalmente para fins das classificações de fases do Plano SP. "Visto que o Comitê de Contingenciamento do Governo do Estado considera exclusivamente a base de dados estadual", informou nota do Condemat.
 
Segundo o Condemat, os dados seriam divulgados uma vez por semana (às sextas-feiras) com as informações gerais da região e por município, respectivos aos sete dias anteriores, conforme a estatística estadual disponível (casos confirmados e óbitos).

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias