Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 15 de outubro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/10/2019
CENTRO ONCOLÓGICO
Secom Segurança
Villa Europa

Passageiros improvisam e amarram bicicletas na grade da Estação Aracaré

Construção de um bicicletário na Estação Aracaré é debate constante dos usuários

Por Daniel Marques - de Itaquá09 OUT 2019 - 08h30
Falta do serviço no local tem obrigado-os a improvisar e acorrentar as bicicletas na grade da estaçãoFoto: Sabrina Silva/DS
Passageiros, que utilizam a Estação Aracaré, da Linha 12-Safira, pedem a implantação de um bicicletário. A falta do serviço no local tem obrigado-os a improvisar e acorrentar as bicicletas na grade da estação.  
 
A construção de um bicicletário na Estação Aracaré é debate constante dos usuários, principalmente quem mora longe e acaba indo de bicicleta até o local. 
 
Diego dos Santos Maciel, de 25 anos, diz que tem essa conversa com frequência com colegas. Destacou ainda até um ponto específico para a possível construção do bicicletário. “Pode ser ao lado da saída da estação, especificamente na parte de dentro, onde tem muito espaço", sugere.
 
Já para o autônomo Renan Roger, de 23 anos, acorrentar a bicicleta, na área próxima ao Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21), é perigoso. Ele diz que guarda a bicicleta no lado oposto, onde crê ser mais seguro e movimentado. 
 
Outra queixa apresentada pelo autônomo é a de que outras cidades dispõem de um bicicletário. "Tem gente que tem na própria cidade e não usa. A chuva e o sol, muitas vezes, acabam estragando a bicicleta do trabalhador", frisa.
 
"Eu deixava sempre, hoje não mais. Sempre ficava com receio de deixar aqui", conta o autônomo Igor Silva, 21. Segundo o motorista Paulo Roberto, relatos de furtos, principalmente na madrugada, são frequentes. “As pessoas deixaram a bicicleta acorrentada e, ao retornarem, não a encontraram”.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias