Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 28 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/11/2020
PMMC MULTI 2020 NOV
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC NOVEMBRO AZUL
ESTELAR IMÓVEIS
GrupoIndy

Pátios abrigam mais de 6,3 mil veículos de responsabilidade do Detran

27 SET 2015 - 08h01

Cerca de 6,3 mil veículos apreendidos pela Polícia Militar e de responsabilidade do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) estão acumulados em oito pátios do Alto Tietê, que juntos tem a capacidade de abrigar aproximadamente 12,4 mil veículos. Ou seja, o espaço ocupado pelo Detran representa 50% do total da capacidade desses depósitos que também recebem demandas de outros órgãos públicos.

O Detran é responsável por carros, motos, ou qualquer outro veículo que seja apreendido, dentro do perímetro urbano, por infringirem as leis de trânsito. Disputa de racha, manobra perigosa na via, falta de licenciamento, veículo sem placa ou com a placa ilegível são algumas das ações que podem levar a apreensão do veículo. Das cidades do Alto Tietê, Biritiba Mirim e Salesópolis não possui depósito para abrigar os veículos de competência do Detran. Os veículos apreendidos nestas cidades são encaminhados para Itaquaquecetuba, a segunda cidade da região com maior número de autos de responsabilidade do Detran, com 1,8 mil veículos.

A primeira da região é Mogi das Cruzes, que concentra 2,2 mil. Em Mogi, os veículos ficam em um pátio municipal que também recebe demanda da Prefeitura e da Secretaria de Segurança Pública (SSP). E a capacidade do pátio é de 3,5 mil veículos. Em todas as outras cidades da região, os pátios também não são de uso exclusivo do Detran, atendendo também as demandas de outros órgãos (veja tabela).

As cidades de Suzano e Santa Isabel possuem, respectivamente, 700 e 610 veículos apreendidos e de responsabilidade do órgão estadual. Ferraz de Vasconcelos e Poá têm, cada uma, 350 e Guararema possui 250 veículos. Fechando a lista, em Arujá, o número de veículos armazenados pelo Detran é de 85.

LEILÃO

Atualmente, os proprietários dos automotores apreendidos têm um prazo de 90 dias para tentar recuperar o bem, antes que o mesmo vá a leilão público. A partir de 2016, esse prazo será reduzido para 60 dias. Um dos objetivos da mudança é resolver o problema da superlotação nos pátios.

OUTRAS APREENSÕES

Vale lembrar que os veículos apreendidos por estacionamento irregular ou por terem sido abandonados nas vias não são de responsabilidade do Detran, mas das prefeituras. Já aqueles confiscados por envolvimento em crimes são de responsabilidade da Secretaria da Segurança Pública (SSP) e os veículos com pendências judiciais cabem ao Poder Judiciário.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias