Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 15 de outubro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/10/2019
Villa Europa
CENTRO ONCOLÓGICO
Secom Segurança

PM do Alto Tietê aguarda chegada de novos fuzis

De acordo com o Estado, o envio desses novos fuzis dependerá de questões, como demanda dos batalhões do Alto Tietê e demais regiões

Por Isabelle Santini - da Região24 SET 2019 - 23h37
Na região, a PM não mencionou quantas novas armas deverão ser enviadasFoto: Arquivo/DS
A Polícia Militar (PM) do Alto Tietê vai receber novos fuzis a partir de 2020. Serão 300 fuzis calibre 5.56 para todo o Estado. A informação é do tenente-coronel e chefe do Centro de Material Bélico, Marco Aurélio Valério. O objetivo é o de modernizar o arsenal da PM e realizar a substituição e reposição de armamentos no Estado. 
 
Na região, a PM não mencionou quantas novas armas deverão ser enviadas. De acordo com o Estado, o envio desses novos fuzis dependerá de questões, como demanda dos batalhões do Alto Tietê e demais regiões. 
 
Valério pontuou que, além dos fuzis calibre 5.56, os policiais militares (PMs) do Estado poderão aguardar a chegada de outro armamento de grosso calibre: o fuzil calibre 762. A compra de 1 mil entrou em fase de teste. 
 
A previsão é de que, até janeiro de 2020,1,3 mil fuzis sejam distribuídos para todos os batalhões do Estado. Desses, 300 são do calibre 5.56 e 1.000 do 762, além da aquisição de 40 mil pistolas do tipo Glock. 
 
"Procuramos atender as demandas de cada região. A compra dos fuzis vale para todo o Estado e vamos definir os critérios e adequação para a distribuição do armamento. O objetivo é modernizar o arsenal e substituir o material", conta Marco.
Segundo ele, aproximadamente, a vida útil de um fuzil é de 10 anos. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias