Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 18 de setembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 17/09/2019
PMMC ENTREGAS
Centerplex 12/09 a 18/08
PMMC CIAS

Poá oferece desconto de juros e multa para pagamento de impostos

Refis foi enviado à Câmara e, se aprovado, o contribuinte terá do dia 1 de outubro a 20 de dezembro para aderir

Por de Poá06 SET 2019 - 20h18
Toda renegociação será feita na Divisão de Dívida Ativa (Avenida Brasil, 198 – Centro), do dia 1 de outubro até o dia 20 de dezembroFoto: Flávio Aquino/Departamento de Comunicação de Poá
O prefeito de Poá, Gian Lopes, enviou nesta sexta-feira, 6, à Câmara de Vereadores projeto de lei para realização do Programa de Recuperação Fiscal (Refis/2019), que permitirá que os contribuintes que estão em débito com a administração municipal possam quitar as dívidas à vista ou em até quatro parcelas com desconto de 100% em multas e juros; quem optar pelo parcelamento de 5 a 8 vezes terá 75% de desconto; e quem parcelar de 9 a 12 vezes, 50% de desconto. 
 
Toda renegociação será feita na Divisão de Dívida Ativa (Avenida Brasil, 198 – Centro), do dia 1 de outubro até o dia 20 de dezembro. “A medida tem por objetivo oferecer a oportunidade para que muitos contribuintes que se encontram em dificuldades financeiras possam quitar seus débitos junto à municipalidade”, explicou o prefeito Gian Lopes. 
 
“O desconto integral de multa e juros passará a ser possível para o parcelamento em quatro vezes, sendo mais vantajoso ao contribuinte que no Refis 2018, que possibilitou desconto integral em até três parcelas”, completou.
 
Secretaria
 
De acordo com informações prestadas pela Secretaria de Assuntos Jurídicos, que coordena o projeto, esta é uma oportunidade importante para que os contribuintes possam colocar em dia seus débitos com a municipalidade, considerando que no próximo ano não haverá possibilidade de novo programa, já que a lei proíbe sua realização em ano de eleições.
 
O interessado que já tenha parcelamento em curso também poderá requerer perante à Divisão de Dívida Ativa sua inclusão no Programa, no que se refere ao saldo devedor de cada registro, para usufruir dos benefícios do projeto de lei. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias