Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 29 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
Pmmc Sarampo
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
ÚNICCO POÁ
SOUZA ARAUJO

Poá prevê orçamento de R$ 470 milhões em 2016

30 SET 2015 - 08h01

 Poá realizou na tarde de ontem, no auditório da Câmara Municipal, a Audiência Pública para a apresentação do orçamento do município para o ano de 2016. O orçamento previsto para o próximo ano é de R$ 470 milhões, ou aproximadamente 8% maior que o previsto para este ano. Conforme explicou o secretário da Fazenda, Manoel Victor Figueiredo, houve preocupação do prefeito Marcos Borges (PPS) em preservar os investimentos do município e não ultrapassar o limite de gastos com pessoal, que é de 48%, conforme determina a Lei de Diretrizes Orçamentárias, a LDO.

Com relação à receita do município, segundo o secretário, houve um acréscimo de 8%. "É importante destacar que com relação à receita é uma projeção, portanto, no momento econômico em que o País se encontra, tem que haver certa ressalva".

Conforme determina a Lei, as duas maiores áreas que receberão o maior valor do orçamento são a saúde e a educação. Para a Saúde está previsto 26,7% do orçamento o que equivale a uma quantia de R$ 89 milhões e para a educação o percentual de 32,18%, correspondendo ao valor de 108 milhões.

De acordo com o secretário da Fazenda, será encaminhada até hoje a proposta de orçamento para a Câmara Municipal para análise dos vereadores e após a sua aprovação, será sancionada pelo prefeito.

A previsão orçamentária para a Educação em 2016 é de R$ 158,7 milhões, já a Saúde será contemplada com R$ 102,7 milhões. A segurança urbana com R$ 11,6 milhões e Promoção Social R$ 17,5 milhões. As demais pastas, como a de Administração, contará com R$ 7 milhões, já Assuntos Jurídicos com R$ 2,1 milhões e a Secretaria da Fazenda com R$ 10,9 milhões.

A pasta de Serviços Urbanos terá o valor de R$ 16,1 milhões, o Gabinete do Prefeito R$ 1,7 milhão, a Secretaria de Governo R$ 1,2 milhão, a de Indústria e Comércio R$ 3,5 milhões, a de Comunicação Social R$ 4,2 milhões, e de Planejamento R$ 979,9 mil.

A secretaria de Cultura terá R$ 8 milhões de orçamento para 2016, a pasta de Esportes R$ 13,4 milhões, de Turismo R$ 16,3 milhões e a pasta da Mulher R$ 1,3 milhão.

Já a Habitação terá à disposição R$ 1,4 milhão, a de Meio Ambiente R$ 18 milhões e a pasta de Transportes e Mobilidade Urbana R$ 11,4 milhões. Para a Câmara Municipal R$ 17,5 milhões.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias