Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
quarta 16 de junho de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/06/2021
Brainer Ocupacional
EDP SEGURANÇA
GrupoIndy

Políticos da região participam de manifestação contra pedágio

Na última sexta a Artesp confirmou a instalação de 2 pedágios em Mogi. Um na Mogi-Dutra e outro na Mogi-Bertioga

Por Fernando Barreto - da Região17 MAI 2021 - 21h14
Políticos da região participam de manifestação em MogiFoto: Divulgação
Prefeitos e deputados do Alto Tietê participaram no último domingo de uma manifestação contra a instalação de dois pedágios em Mogi das Cruzes. Na última sexta a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) informou a instalação de uma praça nos quilômetros 41 da Mogi-Dutra e 95 da Mogi-Bertioga.
 
O prefeito de Mogi, Caio Cunha (Podemos), postou fotos nas redes sociais, junto de um depoimento.
 
“Realizamos hoje a mobilização Todos Contra o Pedágio, junto a autoridades políticas e entidades representativas da região, para nos unirmos contra a instalação dos pedágios divulgados em edital pela Artesp”, afirmou.
 
Em outra parte da publicação, Cunha foi enfático e disse que “enquanto for prefeito, não haverá pedágio”.
 
“Eles podem lançar editais, podem afirmar que serão um, dois ou até três pedágios, mas enquanto eu for prefeito, isso não vai acontecer! Vamos continuar lutando visceralmente para impedir esse absurdo e vamos judicializar essa proposta”, concluiu.
 
A prefeita de Ferraz, Priscila Gambale (PSD), também esteve presente e comentou nas redes sociais sobre o pedágio.
 
“A Agência de transportes do Estado de São Paulo (ARTESP) publicou o edital de concessão que prevê a instalação de pedágio na Mogi Dutra. Vários moradores, trabalhadores e estudantes serão prejudicados com essa implantação. Estamos lutando e nos articulando contra essa ação”, contou.
 
Os deputados Marco Bertaiolli (PSD), Marcos Damasio (PL) e Estevam Galvão (DEM) estiveram no local também. Para o deputado federal, exaltou a união dos políticos e chamou de “absurda” a decisão da Artesp.
 
“Essa proposta da Artesp é um absurdo e prejudica todo o Alto Tietê. Estamos todos juntos. Eu, como deputado federal eleito para defender a minha cidade e os mogianos, os deputados estaduais, prefeitos Caio Cunha, de Mogi e Luís Camargo, de Arujá, que também será muito prejudicada, vereadores, entidades ligadas ao comércio, indústria, agropecuária e sociedade civil. #AquiNao”, afirmou.
 
Damasio também exaltou as diversas conversas que teve com o Governo do Estado para impedir a instalação do pedágio.
“Pedi e vou continuar lutando até o fim para que o governador Doria volte atrás nessa decisão. Autoridades, lideranças e moradores de Mogi e toda região se juntaram nesse movimento. Não vamos ceder!”, escreveu.
 
O ex-prefeito de Suzano e deputado estadual Estevam Galvão afirmou “que o nosso grito permanece, e a nossa união pela região também!”.
 
“A nossa luta continua!!!! Não vamos aceitar um pedágio em Mogi das Cruzes e região”, publicou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias