Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 14 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2019
PMMC DENGUE
CENTRO ONCOLÓGICO
Região

Projeto para redução do número de vereadores será votado terça-feira

Projeto prevê diminuir de 17 para 11 vereadores, o que vai gerar uma economia de até R$ 15 milhões para Poá

Por Fernando Barreto - de Poá15 NOV 2019 - 05h00
Projeto para redução do número de vereadores será votado terça-feiraFoto: Divulgação
O vereador e presidente da Câmara de Poá, David de Araújo Campos, o Tio Deivão (PL), pretende colocar em votação, na terça-feira, o projeto que prevê a redução do número de vereadores. 
 
Outra parte do projeto prevê a redução de 40% do salário do prefeito, do vice-prefeito e dos secretários municipais. Contudo, Deivão disse que essa redução será votada apenas em 2020.
 
Atualmente, são 17 vereadores que compõe a Câmara Municipal de Poá, mas o projeto prevê reduzir para apenas 11 parlamentares. A mudança vai gerar uma economia de R$ 15 milhões no período de 10 anos.
 
O vereador Tio Deivão, presidente do Legislativo, disse à reportagem que o objetivo é colocar em votação o projeto na próxima terça, entretanto, é necessário que seis vereadores assinem o pedido, para que então seja posto em votação na sessão ordinária.
 
O parlamentar informou que três vereadores (além dele) assinaram, autorizando a votação. 
 
“Os vereadores Fernando Rodriguez Molina, o Junior da Locadora (PL), o Welson Lopes (PL) e o vereador Saulo Souza (SD) assinaram a autorização do projeto”.
 
Deivão concluiu informando que a redução do salário do prefeito e dos secretários não seria autorizada, “se quer para a próxima legislatura”.
 
“A redução de salário do Executivo vai passar a valer apenas em 2024, então decidimos deixar para votar esse projeto apenas no ano que vem”.
 
A sessão solene em que será votado o projeto ocorre nesta terça-feira, a partir das 17 horas. 
O projeto exige, pelo menos, 12 votos a favor para que seja aprovado. 
 
Prefeito
 
Conforme manchete do DS na edição de ontem, o prefeito de Poá, Gian Lopes (PL), anunciou na noite da última quarta-feira, em rede social, que quer a redução dos salários dos secretários, do vice-prefeito e do prefeito, ainda nesse mandato. 
 
“Se a lei permitir queremos reduzir os salários ainda nesse mandato, mas se não permitir fica para a próxima legislatura”.
 
Gian diz que a redução vai gerar uma economia de mais de R$ 8 milhões. “A economia gerada será um importante recurso para investir na saúde, educação e segurança do município”, disse. 
 
O prefeito também fez uma apelo à população. “Cobrem os vereadores que se dizem amigos da povo, pois é preciso abraçar essa causa que permite enxugar a máquina pública”, concluiu.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias