Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Segunda 11 de Dezembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2017
mrv

Secretário de Mogi apresenta demandas ao Ministério da Saúde

Funcionamento do Caps AD, renovação da frota do Samu e habilitação da UPA Oropó foram os assuntos discutidos

Por De Mogi30 SET 2017 - 07h31
Mogi oficializa pedido do Ministério da Saúde para que Caps AD funcione 12 horas por diaFoto: Divulgação
A Coordenadoria Nacional de Saúde Mental recebeu positivamente a proposta para início das atividades do Caps AD – Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas de Mogi das Cruzes no período de 12 horas por dia – e não 24 horas, como estava previsto no projeto. O pedido foi apresentado, nesta sexta-feira (29), pelo secretário de Saúde, Téo Cusatis, em reunião realizada no Ministério da Saúde, em Brasília, como alternativa para redução dos custos sem comprometimento da viabilidade do projeto.
 
“A proposta foi muito bem recebida pela equipe do Governo Federal. Agora a Secretaria Municipal de Saúde irá elaborar estudos detalhados dos custos para apresentar ao prefeito Marcus Melo (PSDB) para que ele avalie a possibilidade de iniciarmos as atividades em 2018”, explicou o secretário. Uma vez concluído e aprovado, o novo projeto será consolidado junto à Coordenadoria Nacional de Saúde Mental.
 
Outro assunto discutido no encontro em Brasília foi a necessidade de renovação da frota do Samu - Serviço de Atendimento Móvel e Urgência. Em operação há mais de cinco anos, o Consórcio do Samu tem direito à renovação de seis ambulâncias, sendo cinco básicas para Mogi e uma para Biritiba Mirim. Outras duas já foram substituídas (uma de suporte avançado para Mogi e uma básica para Salesópolis).
 
No encontro em Brasília, o responsável pela Coordenadoria Geral de Urgências e Emergências, Marcelo Oliveira Barbosa, informou que o Ministério da Saúde está adquirindo cerca de 250 ambulâncias – 25% da necessidade atual de renovação no País – que serão distribuídas em breve para os municípios de maior necessidade.
 
“Estivemos também com o chefe de Gabinete do Ministro da Saúde, Paulo Rebello, que ficou de despachar o nosso pedido com prioridade. Explicamos que Mogi das Cruzes teve o primeiro Samu qualificado do País, desenvolve um importante programa de estágio com o Albert Einstein e é indicado como referência para outros municípios pelo próprio Ministério da Saúde”, adiantou o secretário.
 
O terceiro e último assunto discutido em Brasília foi a habilitação da UPA – Unidade de Pronto Atendimento do Oropó. “Conseguimos a Portaria de Habilitação da UPA do Oropó, publicada agora em setembro, o que significa que, em breve, o Ministério da Saúde deverá iniciar o repasse de recursos ao município”, informou Cusatis, acrescentando que o município dará entrada no pedido de Qualificação da UPA do Rodeio.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias