Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 28 de fevereiro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/02/2020
CENTRO MÉDICO
CENTRO ONCOLÓGICO
PMMC SARAMPO
MAGIC CITY
Chuvas

Sobe para 170 o número de pessoas desalojadas em Itaquá

Não há nenhum novo ponto de alagamento, mas seis bairros ainda sentem os reflexos da chuva de segunda-feira

Por Vitória Mikaelli - de Itaquá11 FEV 2020 - 17h54
Sobe o número de pessoas desalojadas em ItaquáFoto: Regiane Bento/Divulgação
O município registrou na tarde da última terça-feira, o aumento de 42 pessoas no número de desalojados na cidade. Destes, 28 continuam no abrigo montado no Centro de Convivência da Melhor Idade e o restante foram para casa de familiares. Até a última segunda-feira à noite, o número de desalojados era de 128 pessoas.
 
No abrigo eles estão recebendo atendimentos de saúde, alimentação e kits de higiene. O acolhimento é uma medida temporária para que possam procurar por familiares ou voltem para suas residências.
 
A Defesa Civil de Itaquaquecetuba conta com 20 agentes que continuam trabalhando em equipes monitorando as áreas de risco. As ruas são limpas e equipes da Secretaria de Saúde atendem os moradores que precisam. A Secretaria de Desenvolvimento Social auxilia com cobertores, kits de higiene e colchões para os necessitados.
 
Não há nenhum novo ponto de alagamento, mas os bairros Vila Japão, Vila Maria Augusta, Jardim Fiorello, Estrada do Bonsucesso, Vila Sônia e Parque Piratininga ainda sentem os reflexos da tempestade de segunda-feira.
 
Região
 
Suzano não registrou nenhuma ocorrência na última terça-feira, e também não há registro de pessoas desalojadas. A Defesa Civil do município conta com 15 integrantes, mas em caso de necessidade aciona os plantonistas do Plano Verão. 
 
Em Mogi das Cruzes não há registro de ponto de alagamentos ou ocorrências. A Defesa Civil mantém o acompanhamento constante do nível do rio Tietê e da situação das famílias ribeirinhas e de das áreas de risco.O nível do rio Tietê é de 3,50 metros. O limite para transbordamento é de 3,60 metros.
 
Já em Ferraz de Vasconcelos, a Defesa Civil conta com 18 integrantes e 40 de plantão, as equipes continuam monitorando as ocorrências de segunda-feira (10). Não há registro de pessoas desalojadas ou outras ocorrências.
 
Em Poá, foram registrados problemas isolados.O sistema hidráulico do município está funcionando e suportando o acumulo de água que caiu. També não há registro de desalojados.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias