Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 28 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/11/2020
GrupoIndy
PMMC NOVEMBRO AZUL
PMMC MULTI 2020 NOV
ESTELAR IMÓVEIS
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Taxa de isolamento no Alto Tietê fica abaixo dos 50%, aponta Simi

Índice foi registrado na última terça-feira (19) pelo Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo (Simi)

Por Carolina Rocha - da Região20 MAI 2020 - 21h36
Mogi conseguiu, mesmo o percentual não sendo favorável, ter o maio índiceFoto: Divulgação/PMMC
A taxa de isolamento social no Alto Tietê está abaixo dos 50%. O índice registrado na última terça-feira (19) mostra que das 6 cidades da região monitoradas pelo Estado, Mogi das Cruzes foi a que registrou maior o índice, com 47% de adesão ao isolamento social. Essa taxa ainda está muito abaixo dos 55% almejados pelo Estado como nova taxa mínima a ser alcançada, e ainda distante dos ideais 70%.
 
Nas demais cidades da região o isolamento é ainda menor. Com exceção de Itaquaquecetuba, que atingiu 46% de isolamento no dia 19, Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Suzano e Poá alcançaram 45% na adesão ao isolamento. Esse é o pior índice na região desde o mês de março, primeiro mês em que o Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo (Simi-SP) passou a acompanhar o isolamento em 104 cidades do Estado com mais de 70 mil habitantes. 
 
As taxas da região acompanham o índice de isolamento em todo o Estado que vem variando nas últimas semanas. Na terça-feira, a taxa atingida pelo Estado foi de 48%. Por esse e outros motivos, o governo estadual vem tomando medidas e colocando ações em prática para que os níveis de isolamento voltem a subir em São Paulo.
 
A última medida adotada pelo Governo do Estado foi a antecipação de feriados para esta semana. O feriado de Corpus Christhi, comemorado no dia 11 de junho, será antecipado para essa sexta-feira (22) e o feriado da Revolução Constitucionalista, comemorado dia 9 de julho, passa para a próxima segunda-feira (25).
 
De acordo com o governo estadual a decisão foi baseada em estatísticas de isolamento social do SIMI-SP, que mostram que em finais de semana e feriados a taxa de adesão ao isolamento é maior do que em dias de semana. A expectativa é de que com a antecipação a população permaneça em casa no feriado prolongado e ajude a diminuir a transmissão do novo coronavírus.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias